Gestora da UEMA Colinas agradece Márcio Jerry por emenda de R$ 300 mil

O deputado federal Márcio Jerry (PCdoB-MA) confirmou, nesta sexta-feira (10), a destinação de R$ 300 mil em emenda parlamentar para o Campus da Universidade Estadual do Maranhão (Uema) de Colinas, município do médio sertão maranhense.
O dinheiro, que será usado para equipar os laboratórios da instituição está contemplado no Orçamento Geral da União aprovado pelo Congresso Nacional durante viagem oficial do deputado à região, a gestora agradeceu o apoio do deputado e falou sobre a importância do recurso.
“Somos cientes da importância da Uema não somente para Colinas, mas também para todos os municípios vizinhos. Portanto, esta emenda foi um grande presente. O valor servirá para a aquisição de equipamentos e materiais permanentes para os nossos laboratórios de Ensino e pesquisa”, explicou.
Ao lado da prefeita Valmira Miranda (PDT) e da gestora Cícera, Jerry destacou o papel da educação para o desenvolvimento regional. “É por meio da educação que podemos transformar o Brasil e o destino dos jovens do nosso país. Nada mais justo, então, que recursos públicos garantam em meios de aprendizado”, disse.

 

1 pensou em “Gestora da UEMA Colinas agradece Márcio Jerry por emenda de R$ 300 mil

  1. Como ê “generoso” o jornalista Jerry!. Quero parabenizar a Semed pela decisão acertada de transferir a UEB DAYSE LINHARES para o prédio do Paulo Freire na Liberdade porque este tem muito espaço, mas tem poucos alunos enquanto o Dayse é muito pequeno mesmo tendo uma quantidade mínima de alunos, moro perto dessas escolas e acompanho o que acontece nelas, agora o que vai ser chato é a questão das gestoras porque as duas unidades as têm, mas como um será extinto porque se fundirá com o outro, a questão de quem será a diretora acho que deve ser discutida com o sindicato dos professores porque uma foi indicada e a outra está diretora porque passou no seletivo e ganhou a eleição de gestores realizado pela semed em 2019, aí deve complicar um pouco pois as duas têm méritos e reconheço que não deve ser uma decisão fácil se é que a Semed não já decidiu isso. De qualquer forma deve prevalecer o bom senso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.