Todos os posts de Marcelo Vieira

Roberto Costa defende comerciantes informais após proibição de festas em área de Bacabal

O deputado Roberto Costa (MDB) defendeu, na sessão plenária desta terça-feira (29), famílias do munícipio de Bacabal que vivem do comércio informal, após o delegado regional proibir o funcionamento de festas em determinada área da cidade que, segundo o parlamentar, funciona há mais de 30 anos como um ponto de festividades dos bacabalenses.

“Naquela região, temos o Caipirinha, que é um lugar de grandes festas na cidade, bem como o Restaurante da Tia Preta e o Bar Caroço, além de outros quiosques. O delegado se amparou numa lei que, segundo ele, não pode ter esse tipo de festa próximo de repartições públicas, como a delegacia. O que nos causa estranheza é que os bares estão lá há 30 anos, enquanto a delegacia tem cinco anos no local”, afirmou Roberto Costa.

De acordo com o deputado, o País está vivendo um momento de crise econômica e os ambulantes que trabalham naquela região buscam o seu sustento por meio do comércio informal. “Ninguém trabalha desta forma porque quer, mas, às vezes, é a única solução encontrada para sobreviver e garantir o alimento da sua família”, enfatizou.

Proibição

O parlamentar salientou, ainda, que a suposta razão para a proibição é que o delegado alegou que o som dos bares se tornou um incômodo. “Ele dorme dentro da delegacia quando está de plantão. Só que ele esquece que, enquanto ele dorme e acorda, no final do mês, ele recebe o seu salário, mas as famílias que trabalham dessa forma, não”.

Por fim, Roberto Costa relembrou que já passaram outros delegados regionais e policiais civis naquela área, mas nunca houve problemas em relação ao funcionamento dos bares e restaurantes, além de ter solicitado a intervenção do secretário de Estado de Segurança e ao Governador Carlos Brandão para que possam solucionar o caso.

 

Rafael Arrais cotado para assumir comunicação da Câmara na gestão Paulo Victor

A transição na Câmara Municipal de São Luís (CMSL) começa a ocorrer. A expectativa é para saber quais diretorias serão ocupadas pelo presidente eleito Paulo Victor (PCdoB).

Entre todas, a de comunicação já tá batido o martelo.

O nome do jornalista Rafael Arrais é dado como certo. Muito se deve pela proximidade que o jornalista, hoje secretário-adjunto de Comunicação do Governo do Maranhão, tem com o governador Carlos Brandão logo após a renúncia de Flávio Dino.

Arrais configura na equipe de comunicação do governo do Maranhão desde o início do Governo Flávio Dino. Com o novo governador, a intimidade veio por conta do excelente trabalho feito à frente da Secom.

Brandão pretende emplacar um aliado na comunicação da Câmara para alinhar a comunicação do seu grupo político. É também uma forma de contemplar parte da equipe do ex-governador Dino. Na Câmara, Brandão foi responsável pela vitoriosa eleição do vereador Paulo Victor.

É só questão de tempo para o nome do jornalista ser anunciado para a imprensa.

Paulo Vitor começa forte numa articulação política por um projeto para São Luís…

O vereador e presidente eleito da Câmara, Paulo Vitor(PCdoB) iniciou tratativas com grandes partidos visando uma ampla coalizão de forças em torno de um projeto político para disputar a Prefeitura de São Luís.

“Temos uma pauta em comum, que unificam ideias e ações por São Luís. @andre_fufuca, um legítimo parlamentar municipalista. Uma satisfação ombrear ideias contigo, irmão!”, disse.

A primeira conversa foi com o deputado federal André Fufuca(PP).  PV é filiado ao PCdoB, mas foi convidado por Fufuca a disputar a prefeitura da Capital pelo Partido Progressista.

“Recebi a visita, com imenso prazer do grande amigo, presidente eleito da Câmara de São Luís, @paulovictormd. Paulo tem uma história de luta. Batalhador, coerente, grato e acima de tudo, correto. Fico feliz em estarmos do mesmo lado, defendendo nosso tão amado, estado do Maranhão”, declarou.

Além do Partido Progressistas, Paulo Vitor ainda tem agendado conversas com o deputado federal Pedro Lucas Fernandes(União Brasil) e com o vereador Aldy Júnior(PL) que é presidente municipal em São Luís do partido de Josimar no Maranhão.

Blog do Marin Varão

Paraná Pesquisas: Lula cai e tem 50,2%; Bolsonaro, vai a 49,8%

Levantamento do instituto Paraná Pesquisas para presidente, feito com entrevistas presenciais e divulgado hoje, aponta o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o presidente Jair Bolsonaro (PL), candidato à reeleição, empatados tecnicamente.

Lula tem 50,2% das intenções de votos válidos (quando são excluídos brancos, nulos e indecisos), contra 49,8% de Bolsonaro —uma diferença de 0,4 ponto percentual. Como a margem de erro é de 2,2 pontos percentuais para mais ou para menos, os dois estão no mesmo patamar.

Na rodada anterior, divulgada na última quinta-feira (25), o petista tinha 51,3%, ante 48,7% do atual presidente —uma diferença de 2,6 pontos percentuais.
Em votos totais, Lula ficou com 46,3%, e Bolsonaro com 45,9%. Os entrevistados que disseram que não votariam em nenhum, branco ou nulo somaram 4,8%, e os que não sabem ou não responderam foram 3%.

O instituto ouviu 2.020 eleitores presencialmente entre os dias 20 e 24 de outubro. O levantamento custou R$ 50 mil e foi pago com recursos próprios. O levantamento tem um nível de confiança de 95% e está registrado no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) sob o número BR-00525/2022.

UOL

Prefeito Luciano e comissão do TJMA visitam terreno onde será construído novo prédio da instituição em Pinheiro

 

Na tarde desta segunda-feira, 24, o prefeito Luciano, acompanhado do presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA), o desembargador Dr. Paulo Velten e autoridades da área jurídica do estado e de Pinheiro, visitou o terreno onde futuramente será construído o novo prédio do Fórum da Comarca de Pinheiro. O terreno, localizado no bairro Antigo Aeroporto, teve sua doação autorizada pela Câmara de Vereadores de Pinheiro desde o ano de 2020. Todo esse processo acontecerá em forma de permuta onde a prefeitura doa o terreno e o fórum cede o atual prédio da instituição para o uso do poder público municipal.

Estiveram presentes o Prefeito Luciano, o Presidente do TJMA Desembargador Paulo Velten, o Coronel Patrício Chefe da Divisão de Engenharia do TJMA, o Corregedor Geral de Justiça do Estado, Froes Sobrinho, o Juiz da 3a vara, Dr. Carlos Alberto Brito, o Dr. José Nilo, Juiz Auxiliar da Presidência do TJMA, Dra. Tereza Cristina, Dra. Daciane Fernandes, o secretário de Indústria, Comércio, Energia e Turismo, Jovane Melo, e a chefe de gabinete Bruna Ramalho.

Na oportunidade, o grupo também visitou as obras do Hospital do Câncer que continuam avançando.

“A Construção de mais esse instrumento de atendimento é mais um avanço para nossa cidade, que vem se modernizando rapidamente nos últimos anos. Esperamos que o novo empreendimento tenha suas obras iniciadas o qua

Paraná Pesquisas: Lula cai para 51,3% dos votos válidos; Bolsonaro sobe para 48,7%

Levantamento do instituto Paraná Pesquisas para presidente, feito com entrevistas presenciais e divulgado hoje, aponta o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o presidente Jair Bolsonaro (PL), candidato à reeleição, empatados tecnicamente. Lula tem 51,3% das intenções para votos válidos (quando são excluídos brancos, nulos e indecisos), contra 48,7% de Bolsonaro. Como a margem de erro é de 2,2 pontos percentuais para mais ou para menos, os dois estão no mesmo patamar.

Na semana passada, outra sondagem presidencial do Paraná Pesquisas, contratada pelo Progressistas, mostrou Lula com 51,9% das intenções para votos válidos, e o presidente Jair Bolsonaro (PL) com 48,1%. O partido faz parte da coligação de Bolsonaro. Em votos totais, Lula ficou com 47,6%, e Bolsonaro com 44,1%.

Os entrevistados que disseram que não votariam em nenhum, branco ou nulo somaram 4,8%, e os que não sabem ou não responderam foram 3,6%. O instituto ouviu 2.020 eleitores presencialmente entre os dias 15 e 19 de outubro.

O levantamento custou R$ 50 mil e foi pago pelo próprio Paraná Pesquisas. Tem um nível de confiança de 95% e está registrado no TSE (Tribunal Superior Eleito… – Veja mais em https://noticias.uol.com.br/eleicoes/2022/10/20/parana-pesquisas-segundo-turno-lula-bolsonaro-20-outubro.htm?cmpid=copiaecola

No MA, partidos contestam eleição de deputados do PSC e União Brasil

O PSDB, o PSB e o PSD entraram com ações na Justiça Eleitoral pedindo a cassação das chapas de três partidos na disputa por vagas na Assembleia Legislativa por conta de suposto não cumprimento da cota de gênero de 30%.

O ponto em discussão é o o artigo 10 da Lei nº 9.504/97.

Segundo as legendas que protocolaram ações de investigação judicial eleitoral no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Maranhão, União Brasil, Pros e PSC não tinham 30% de mulheres entre seus candidatos. Eles alegam que as siglas acusadas tiveram candidaturas femininas indeferidas antes do pleito e, ou não fizeram as substituições das candidatas, ou não reduziram o número de homens na chapa proporcional, para manter o percentual.

O União Brasil reelegeu o deputado estadual Neto Evangelista, e o PSC reelegeu Wellington do Curso e elegeu Fernando Braide.

Os processos foram distribuídos ao gabinete do corregedor eleitoral, desembargador José Luiz Almeida,

No caso do União Brasil, PSDB, PSD e PSB alegam que uma candidatura fora indeferida devido a problemas de filiação partidária e que ela teria sido usada apenas para preencher a cota de gênero.

Sobre o PSC, apontam que o partido teve duas candidaturas de mulheres indeferidas. Já em relação ao Pros, que uma candidata desistiu da disputa.

Se as ações forem julgadas procedentes, PSDB, PSD e PSB ganham uma vaga cada na Assembleia.

Othelino acompanha Brandão na entrega de escolas e Praça da Família em Guimarães

O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB), acompanhou o governador Carlos Brandão (PSB), nesta quarta-feira (19), em uma série de inaugurações no município de Guimarães. Foram entregues à população as obras de reforma e modernização do Colégio Militar 2 de Julho e do Centro de Ensino Nossa Senhora da Assunção, além de uma Praça da Família.

Na ocasião, Othelino Neto destacou a importância dos investimentos em educação para os jovens vimarenses, bem como da Praça da Família, proporcionando mais uma opção de lazer à população.

“Parabéns à cidade de Guimarães por ter recebido, hoje, tantas obras importantes. Certamente, ainda receberá muito mais benefícios do Governo do Estado. A forma que o governador Carlos Brandão tem de agradecer ao município pela ampla votação em sua eleição, é entregando obras e equipamentos que serão utilizados pela população vimarense”, assinalou o parlamentar.

O governador Carlos Brandão disse que também foram inauguradas, simultaneamente, obras em outros seis municípios da Baixada Maranhense. O chefe do Executivo maranhense fez, ainda, a entrega simbólica de máquinas agrícolas e kits esportivos para Guimarães.

“O nosso governo continua trabalhando, entregando obras e ações em todo o Maranhão. O nosso compromisso é dar continuidade às boas ações e seguir avançando. Até o final do ano, muito mais obras serão entregues aos nossos maranhenses”, declarou.

Durante o ato, Othelino e Brandão também garantiram à população de Guimarães a possibilidade de converter a estrada vicinal de acesso à Praia de Araoca, importante ponto turístico da cidade, em rodovia estadual, para facilitar os investimentos em pavimentação e, assim, gerar desenvolvimento, emprego e renda ao município.

PF fez busca e apreensão em apartamento e casa de praia de Fábio Gentil no Piauí

Um levantamento exclusivo da Folha do Maranhão aponta que, a Polícia Federal cumpriu mandatos de busca em apreensão em imóveis do prefeito de Caxias, Fábio Gentil no Estado do Piauí, durante a Operação Arconte que visa acaba com um grupo criminoso que promovia fraudes em licitações e desvio de dinheiro público na área da saúde.

De acordo com o levantamento, a Polícia Federal realizou busca e apreensão em um apartamento em Teresina e uma casa de praia localizada no município de Cajueiro da Praia, ambas em nome de Fábio Gentil.

Ainda de acordo com o levantamento, os imóveis aparecem na declaração de bens de suas candidaturas registradas junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) durante sua campanha de 2016 e 2020.

A operação que tinha como principal alvo o prefeito Fábio Gentil, apreendeu cerca de R$ 95 mil em espécie em sua residência em Caxias.

Segundo a PF, somente a movimentação financeira em relação a duas empresas sob suspeitas chegam ao valor de R$ 9,5 milhões.

Folha do Maranhão

No MA, prefeito que elegeu mulher e filha deputadas é alvo da Polícia Federal

A Polícia Federal, com apoio da Controladoria-Geral da União no Estado do Maranhão (CGU/MA), deflagrou nesta quarta-feira, 19/10, nos municípios de Caxias/MA, São Luís/MA, São José de Ribamar/MA, Teresina/PI e Cajueiro da Praia/PI, a OPERAÇÃO ARCONTE visando desarticular grupo criminoso investigado pelo cometimento de crimes contra a Administração Pública.

Os investigados realizavam fraudes em procedimentos de dispensa de licitação no município de Caxias/MA, com o desvio de recursos públicos federais da área da saúde, constando dentre esses, verbas públicas que deveriam ser aplicadas no combate à pandemia de COVID-19.

O município é administrado pelo prefeito Fábio Gentil, que nessas eleições elegeu nada mais nada menos que a filha deputada federal e a mulher deputada estadual.

Apurou-se durante as investigações a participação de servidores públicos e empresários da área de saúde que recebiam o repasse de recursos públicos do município de Caxias/MA.

A Controladoria-Geral da União identificou que, embora existissem no município de Caxias, 52 empresas com potencial para serem contratadas pelo município, as dispensas de licitação eram direcionadas para a contratação de empresas diretamente ligadas aos servidores públicos e particulares investigados. Somente em relação a duas empresas investigadas foi realizado o repasse total de aproximadamente R$ 9,45 milhões.

Estão sendo cumpridos 44 mandados de busca e apreensão expedidos pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região – TRF1 em decorrência de representação feita pela Polícia Federal. Para o cumprimento das medidas judiciais, estão sendo empregados 160 policias federais e servidores da CGU.

Os investigados poderão responder pelos crimes de peculato, corrupção passiva, corrupção ativa, fraude à licitação e lavagem de dinheiro, dentre outros, com penas que podem chegar a 43 anos de prisão.