Todos os posts de Marcelo Vieira

Em Zé Doca, prefeitura entrega praças e veículos para saúde e educação

Na manhã de hoje (27), a prefeitura de Zé Doca entregou duas novas praças, uma ambulância e dois ônibus escolares. A cerimônia foi realizada seguindo todos os protocolos de saúde da OMS, com uso de máscara, limite de pessoas e higienização das mãos com álcool em gel.

Além da prefeita Josinha Cunha, também estiveram presentes a cerimônia a deputada estadual Detinha, os prefeitos Flávio Amorim de Araguanã e a prefeita de Maranhãozinho Deusinha.

Em pronunciamento, a prefeita Josinha Cunha agradeceu a parceria dos deputados Josimar Maranhãozinho e Detinha e ainda a homenagem em uma das praças, que leva o nome de Jocicléia Cunha Rodrigues (In Memorian). “Hoje é um dia muito especial, estamos cuidando da nossa cidade com muito carinho e respeito, agradeço ao vereador Zilmar pela indicação do nome da praça, uma homenagem a minha filha. Agradeço aos nossos deputados que sempre tem nos ajudado nesse trabalho que realizamos.”

Os dois ônibus entregues são modernos, confortáveis e adaptado para alunos com dificuldade de locomoção, além da praça Jocicléia Cunha, ainda foi entregue uma ambulância totalmente equipada e a “Praça da Bíblia.”

Deputada Dra. Thaiza fará visita em ferry-boats

 


A deputada estadual Dra. Thaiza Hortegal (PP) se reuniu nesta quarta-feira (24) com o diretor da Agência de Mobilidade Urbana, Daniel Carvalho, retomando o diálogo em busca de melhorias nos serviços prestados pelos os ferry-boats, que fazem a travessia entre a Ponta da Espera e Cujupe.

“Precisamos perseverar, a luta é grande, são décadas de desrespeito com o consumidor, mas já se avançou bastante quando se trata dos terminais. Sabemos que toda mudança significativa requer esforço e persistência e aqui estamos”, destacou a deputada.

Thaiza relatou preocupação quanto aos episódios de encalhamento, os riscos de pacientes nessas embarcações e cobrou a presença do kit primeiros socorros.

“As embarcações não estão cumprindo com a Lei nº 11.148/2019 que exige a presença de kits de primeiros socorros e tripulação treinada para casos de urgência. Em casos desses de mais de 2h horas com o ferry encalhado, um paciente pode vir a óbito se não dispor do mínimo de estrutura”, disse Dra. Thaiza.

Dra. Thaiza agendou visita em ferry-boats para discutir melhorias com a MOB e confirmou sua participação na audiência pública próximo dia 18 de março, via on-line, organizado pela Agência de Mobilidade Urbana.

A frustração dos que tentaram desacreditar o vice Carlos Brandão

Para quem espalhou aos ‘quatro ventos’ que Carlos Brandão não cumpriria a palavra empenhada, durante a sua mais recente interinidade como chefe do executivo maranhense, soou frustrante a notícia de que o vice-governador iniciou a autorização de convênios municipais com prefeituras maranhenses. Pouco mais de um mês depois de receber 153 prefeitos no Palácio dos Leões, agora representando o governador Flávio Dino, Brandão iniciou a autorização dos convênios municipais, e já na segunda-feira, 22, foram liberadas solicitações de sessenta cidades.
Carlos Brandão pretende dar respostas rápidas aos pedidos feitos pelos prefeitos que estiveram com ele em janeiro, e continuar as conversas com os demais gestores, para que sejam atendidos os 217 municípios do estado. Preocupado com o êxito desse trabalho, o vice-governador afirmou destacou a importância dos prefeitos e equipe serem auxiliados desde a apresentação das propostas de obras e criação de programas para cada localidade até a execução dos projetos, que devem ser elaborados de acordo com a necessidade e a capacidade orçamentária relativa aos municípios.
O governo tem um teto financeiro a ser respeitado e é isso que garantirá o bom êxito da empreitada, segundo Brandão. Pautas como essa reforçam o caráter municipalista adotado por Dino e Brandão. Nos encontros com os gestores municipais eleitos e reeleitos, o vice-governador tem reforçado a sua opinião de que as soluções para os problemas do Maranhão passam pelo municipalismo, pelo desenvolvimento social e econômico em todas as regiões maranhenses, considerando sempre as suas respectivas vocações para negócios, investimentos, ações e programas, respeitando as peculiaridades de cada cidade.
Carlos Brandão segue conversando com os prefeitos esta semana, inteirando-se dos pleitos e desafios dos municípios. As autorizações dos convênios são uma ducha de água fria naqueles que quiseram desacreditar o vice-governador do Maranhão, tentando convencer os gestores municipais de que a palavra de Carlos Brandão não seria cumprida. É o primeiro sinal claro do que está pensando o governador Flávio Dino em relação à sua sucessão, em 2022.
Blog do Ludwing

Detinha se reúne com vice-governador Carlos Brandão e prefeitos

A deputada estadual Detinha (PL) reuniu-se, na manhã desta quarta-feira (24), com o vice-governador do Maranhão, Carlos Brandão.

A parlamentar estava acompanhada de vários prefeitos: José de Diário (Centro do Guilherme), Deusinha (Maranhãozinho), Almeida (Igarapé do Meio), Roberto do Posto (Governador Newton Bello), Aurélio da Farmácia (Pio XII), Facinho (Cândido Mendes), Christianne Varão (Bom Jardim), Val de Castro (Serrano do Maranhão) e Josinha (Zé Doca).

No encontro, Detinha e os prefeitos apresentaram demandas referentes a esses municípios ao Governo do Estado. Dentre as solicitações requeridas estão a construção de CRAS, estradas vicinais, pavimentação e recuperação asfáltica de ruas e avenidas.

“É de extrema importância esse contato direto com os prefeitos do nosso Estado. Ao lado deles, é possível atender às necessidades dos municípios e, assim, buscar recursos para supri-las. O nosso mandato está à disposição do povo maranhense”, afirmou Detinha.

Luciano agradece Bancada Federal do Maranhão pela aprovação de projeto que destinou verba de R$ 25 milhões para construção do Hospital de Amor em Pinheiro

 


Uma excelente notícia! O projeto foi aprovado na noite desta terça-feira (23), pela Bancada Federal do Maranhão, composta por senadores e deputados federais maranhenses. O recurso no valor de 25 milhões estará disponível até meados deste ano de 2021, e a construção deve iniciar em seguida, com duração de 1 ano, a expectativa é de que a inauguração aconteça em 2022.

Essa conquista é resultado da boa relação do prefeito Luciano com a esfera federal de Governo. O Hospital de Amor será construído com recursos federais com a contrapartida da prefeitura de Pinheiro que já doou desde 2020 o terreno para a obra.

“Estou muito feliz com essa notícia, fruto de nossa incansável luta em busca de recursos e avanços para Pinheiro, quero agradecer de coração em nome da bancada federal composta pelos senadores e deputados federais do Maranhão, que nos presenteou com essa grande obra, que com toda certeza mudará a vida das mulheres pinheirenses. Um hospital dedicado à prevenção e tratamento oncológico da mulher sem dúvida nenhuma é uma conquista sem precedentes”, disse Luciano Genésio, prefeito de Pinheiro.

O Hospital de Amor é uma instituição responsável pelo tratamento, prevenção, reabilitação e pesquisa, relacionadas à área oncológica, direcionada a mulher, é uma entidade que busca a excelência no atendimento médico hospitalar, através de ações humanizadoras, constante aperfeiçoamento técnico e profissional. Pinheiro não possui unidade de atendimento na área oncológica, quem precisa de tratamento ou diagnóstico especializado pelo SUS precisa se dirigir à capital São Luís.

Agora com essa unidade instalada em Pinheiro, os pacientes do município e região terão tratamento perto de casa, e o melhor, com a construção do hospital a cidade receberá também 2 carretas da mulher equipadas para atendimento oncológico que poderão ser deslocadas para cidades vizinhas.

O deputado Federal André Fufuca e o senador Weverton Rocha, gravaram um vídeo onde anunciam a boa notícia. Confira o vídeo aqui.

Eliziane critica vinculação de auxílio emergencial a cortes em saúde e educação

A líder do Bloco Senado Independente, senadora Eliziane Gama (MA), criticou a articulação do governo federal para acabar com a obrigatoriedade do gasto mínimo constitucional em educação e saúde para estabelecer uma nova rodada do auxílio emergencial com o agravamento da crise econômica e sanitária.

A proposta foi apresentada pelo relator da PEC Emergencial, senador Márcio Bittar (MDB-AC). A PEC deve ser votada nesta quinta-feira (25) pelo Senado.

Para a parlamentar, vincular o auxílio emergencial ao fim da exigência de um gasto mínimo em saúde e educação é um erro.

“A PEC emergencial não pode comprometer áreas tão importantes. É dar com uma mão e tirar com a outra. São os mais pobres que precisam de escolas e hospitais públicos. Desvincular é retrocesso”, criticou.

A Constituição estabelece que estados devem investir 12% da receita em saúde e 25% na educação. Os municípios são obrigados a aplicarem 15% (saúde) e 25% (educação). Já a União não pode reduzir o investimento nas duas áreas que é corrigido pela inflação do ano anterior.

“Parece que o governo quer dar com uma mão e tirar com outra. É injustificável que em nome de uma ajuda temporária, que é o auxílio emergencial, se prejudique de forma permanente áreas tão fundamentais como a saúde e a educação. Não vamos aceitar a proposta como ela foi construída para ser votada no Congresso, não vai passar. Faremos emendas para que o auxílio possa existir e o investimento básico na saúde e na educação possam ser mantidos”, disse Eliziane Gama.

André Fufuca viabiliza recuperação da BR-222 entre Vitória do Mearim e Santa Inês

O deputado federal André Fufuca (PP), viabilizou, diretamente com o presidente Jair Bolsonaro, a recuperação total da BR-222, no trecho entre os municípios de Vitória do Mearim e Santa Inês.

No vídeo, o parlamentar pede ao presidente que olhe pelos mais de 400 mil maranhenses que moram no Vale do Pindaré, região composta por 12 municípios, entre eles, Alto Alegre do Pindaré, Bela Vista do Maranhão, Bom Jardim, Bom Jesus das Selvas, Buriticupu, Igarapé do Meio, Monção, Pindaré-Mirim, Santa Inês, Santa Luzia, São João do Carú e Tufilândia.

Ao receber a solicitação do parlamentar, Bolsonaro garantiu que atenderá o mais rápido possível.

Em contato com o blog, Fufuca antecipou que os trabalhos para garantir a trafegabilidade dos 70 km serão iniciados na próxima semana e que assim que as chuvas pararem, serão feitos os serviços definitivos de reconstrução da rodovia federal.

Candidato de Dino ao Palácio dos Leões, Brandão começa a rodar o Maranhão

Sucessor natural e nome de Flávio Dino (PCdoB) ao Palácio dos Leões em 2022, o vice-governador e pré-candidato ao Governo do Maranhão, Carlos Brandão (Republicanos), começou a rodar o estado. A pedido de Dino, Brandão deu inicio a uma intensa agenda positiva pelo interior do Maranhão, o que deve ampliar sua popularidade.

Nas últimas semanas, Brandão esteve em Amarante do Maranhão, para entrega de nova unidade do Viva/Procon; em Coelho Neto, para assinatura da ordem de serviço para construção de uma unidade de Escola Digna, retomada das obras do IEMA (Instituto Estadual de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão) e lançamento do edital do Cheque Minha Casa; e em Açailândia, para entrega de uma policlínica.

Agendas conjuntas entre o governador e o vice já estão sendo programadas para os próximos meses. Além da maratona de ações institucionais, compromissos propriamente de pré-campanha também estão sendo organizados.

A avaliação de Dino, que deve disputar o Senado no próximo ano, é de que o momento é de aumentar a exposição e consolidar a presença de Brandão em cidades do interior maranhense.

A escolha antecipada do governador pelo nome do vice para sua sucessão tem levado aliados que postulam a vaga, embora permanecendo encastelados no Palácio dos Leões, a estudar um rompimento.

Sem citar diretamente Weverton Rocha (PDT) e Josimar Maranhãozinho (PL), Dino tem dito ao núcleo mais próximo do governo que, além da extrema confiança e maior qualificação para gestão, pesa a favor da escolha por Brandão o fato de que o vice-governador não é investigado nem citado em casos relacionados à corrupção e desvio de dinheiro público.

‘Não se faz gestão de comunicação sem boa relação com comunicadores’, diz D’Eça

Há pouco mais de 40 dias na chefia da Comunicação da Câmara Municipal de São Luís, o jornalista Marco Aurélio D’Eça já se destaca entre os colegas gestores por conseguir dar visibilidade midiática às ações da gestão do vereador Osmar Filho e de toda a Casa. Com quase 30 anos de experiência no jornalismo maranhense, Marco D’Eça fala da carreira, das relações políticas, da imprensa maranhense e arrisca opinar sobre as eleições 2022, nesta entrevista:

Jornal Pequeno – Com pouco mais de 40 dias à frente da Comunicação da Câmara, a gente já começa a ver a notícia dos vereadores girar com maior facilidade, a Câmara está mais presidente na mídia. Como ocorre?
Marco Aurélio D’Eça – Eu tive a sorte de chegar ao comando da comunicação da Câmara Municipal no momento em que aquele Poder está se renovando, sob a batuta do vereador Osmar Filho (PDT). A Casa tem hoje maior participação no poder municipal, é de lá que saem as mais importantes ações que repercutem na mídia. A Câmara vem se renovando há dois anos, já tem o ISSO 9001, chamou concursados, implantou a Gestão de Qualidade e deu nova cara aos trabalhos de plenário. Com toda essa gama de coisas, há sempre material para trabalhar na mídia.

JP – Há chefes de comunicação de instituições com orçamento bem maior que o seu e que não conseguem fazer a notícia girar na mídia como a Câmara tem feito neste início de ano…
D’Eça – Eu entendo que um bom gestor de comunicação tem que ter passado pela base profissional. Eu tive a honra de ser repórter e editor de jornal, atuei em rádio e na TV. Criei uma relação muito boa com todos os profissionais da minha área, mesmo aqueles com os quais não tinha relação próxima. Não se consegue fazer comunicação se a gente não tiver relação com jornalistas. Não basta ser poderoso, ter relação com empresários, ser dono de empresa de mídia, ter relações nacionais ou ser influente culturalmente. Sem a base, não se anda. A realidade da comunicação no Maranhão, hoje, impõe que se tenha relação não apenas com os grandes jornais, mas também com o blogueiro pequeno, lá do interior. Não basta falar em rádio tradicional; precisa também lidar com os podcasts, os digitais influencers. Essa é a realidade da mídia hoje. É isso que faz a notícia do seu assessorado chegar com ais facilidade na ponta. Ignorar esta realidade é se perder como gestor de comunicação. Eu tenho orgulho de ter essa relação com a base profissional, com os meus colegas jornalistas, de todos os meios. Talvez isso ajuda na divulgação das nossas ações na Câmara.

JP – Você passou anos no grupo Sarney, como editor do jornal O Estado do Maranhão; agora tem ligações públicas com o senador Weverton Rocha. Como se deu esta mudança?
D’Eça – Não houve mudança alguma. Eu trabalhei quase 25 anos no jornal O Estado do Maranhão e hoje mantenho a mesma relação com meus antigos colegas e com os proprietários da Casa. Sou amigo, admirador e eleitor de Roseana Sarney. Com Weverton Rocha a relação também é de amizade, muito antes de ele ter mandato político. Foi meu deputado federal em 2010 e 2014. E um dos meus senadores em 2018. Sou um jornalista político, e como tal, exerço a política 24 horas por dia. Meu cargo na Câmara, hoje, por exemplo, é um cargo político, não há dúvida. E não ficarei triste se puder contemplar uma chapa que tenha, em 2022, não apenas Weverton Rocha, mas também Roseana Sarney. Já imaginou esta possibilidade?

JP – Há ruídos na sua presença como diretor de comunicação da Câmara?
D’Eça – Nenhum. Nem com os vereadores, muito menos com a imprensa. Na atual bancada tenho irmãos como Batista Matos e Marcial Lima, meus colegas de profissão. Tenho amigos como Beto Castro, Doutor Gutemberg, Astro de Ogum, Chico Carvalho, Umbelino Júnior. Entre os novos, conheço o Otavio Soeiro desde a infância. Aliás, o pai dele, Albino, me deu a primeira oportunidade no rádio esportivo, em 1995, na Rádio Timbira. Na imprensa a mesma coisa: me relaciono com os medalhões e com os novos talentos. Quando cheguei na Diretoria de Comunicação, deixei claro à equipe: a comunicação é de todos os vereadores. Vamos trabalhar por todos. E assim a gente vai fazendo a notícia girar.

Prefeito Luciano adquire kit cozinha para melhorias no refeitório do Hospital Regional Dr. Antenor Abreu

Na tarde da última quinta-feira (18), o prefeito Luciano e o secretário municipal de Saúde, Fred Lobato, estiveram em reunião com a diretoria do Hospital Dr. Antenor Abreu, oportunidade em que avaliaram o trabalho desenvolvido e discutiram a respeito dos planos para os próximos meses. Na oportunidade Luciano Genésio entregou a direção da unidade kit de cozinha, composto por um fogão industrial com forno, um geladeira duplex, um freezer grande, um freezer médio, e um botijão de gás.

“Desde o início de nossa gestão temos realizado melhorias em todos os setores do município, hoje mais um avanço importante, a entrega desse material ao Hospital Antenor Abreu, esse kit cozinha irá melhorar a qualidade e quantidade de alimento que é produzido e servido aqui no hospital, estamos trabalhando para cada vez mais melhorar o atendimento de nossas unidade de saúde”, afirmou Luciano.

Agilidade no preparo e qualidade no armazenamento dos alimentos, as refeições preparadas com base nas orientações do profissional de nutrição são parte importante na recuperação dos pacientes que estão internados na unidade.

“Estamos muito felizes com a chegada desse material, na verdade vieram em ótima hora, pois necessitamos muito dessa melhoria. Vamos instalar tudo e começar a usar imediatamente, teremos com todas certeza mais agilidade no preparo dos alimentos e mais qualidade no que está sendo servido aos nosso pacientes”, falou Julyercio Diniz, diretor do Hospital Regional Dr. Antenor Abreu.