Cobiça e deslumbramento…

Blog do Marco D’Eça

Tem sido mais do que deveria a repercussão em torno do sumiço da prefeita de Bom Jardim, Lidiane Leite.

Imprensa, advogados e populares passaram a especular quase que diariamente sobre o paradeiro da prefeita, como se este fosse o assunto mais importante do mundo.

Não é.

Jornalistas passam quase que o dia inteiro focado neste assunto em grupos de WhatsApp, em blogs ou redes sociais -, mas a abordagem gira, quase sempre, em torno das belas pernas de Lidiane ou seu decote nas fotos de deslumbradas de uma típica nova-rica.

E advogados disputam quase no tapa o direito de defendê-la.

Ao que parece, a beleza da prefeita – e a fortuna do seu ex-marido – despertaram a cobiça nas redes sociais, transformando um mero caso policial em série jornalística, como se o fato fosse inusitado no Maranhão.

E não é.

Há até disputa em blogs para saber se advogado tal é mais articulado que outro para resolver o problema da prefeita, transformando o defensor em uma espécie de estrela das redes sociais.

Também não é.

Infelizmente, o caso envolvendo Lidiane Leite é só mais um entre tantos  neste interior empobrecido do Maranhão.  E casos semelhantes – no instante exato em que a prefeita é caçada – continuam a ocorrer.

Lidiane Leite é só mais uma a ter que acertar contas com a Justiça.

Espera-se, apenas, que faça, de fato, esta prestação de contas.

E cada vez mais longe dos holofotes midiáticos…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.