MP investiga gastos de quase R$ 1 milhão de reais com eventos e manda cancelar show da Joelma na Raposa

Em parecer assinado pelo Promotor de Justiça Reinaldo Campos Castro Júnior, o Ministério Público recomendou o cancelamento do show da cantora Joelma, previsto para acontecer durante o São João do município da Raposa, governado pelo prefeito Eudes Barros. (Veja o documento aqui)

No documento, além de apontar prováveis irregularidades na contratação da empresa E J Silva Eirelli, no valor de R$ 867 mil reais, o Promotor de Justiça revela que o prefeito Eudes Barros deixou de cumprir com outras obrigações mais importantes, como a compra de medicamentos.

“Não tem cumprido satisfatoriamente com a obrigação, tramitando nessa promotoria de Justiça, diversos procedimentos que apuram a falta de medicamentos”.

Eudes também deixou na mão, os servidores municipais, que tradicionalmente contam com a antecipação da primeira parcela do 13º salário.

Maramais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.