Zé Inácio pede ao governo federal que mantenha agências do Banco do Brasil no MA

O deputado estadual Zé Inácio (PT) protocolou, na Assembleia Legislativa, requerimento a ser enviado ao presidente do Banco do Brasil, André Brandão, e ao ministro da Economia, Paulo Guedes, pedindo que seja reconsiderada a decisão de fechamento das 361 unidades do Banco do Brasil, a conversão de 243 agências, entre outras medidas por conta da reestruturação da Instituição.

O deputado espera que o requerimento seja aprovado pelos 42 deputados que compõem a Assembleia, também como forma de demonstrar sua insatisfação com o fechamento das agências

No caso do Maranhão, devem ser fechadas agências em São Luís, nos bairros Cohatrac e Praia Grande, bem como dos municípios de Bacabal (Agência Texeira Mendes), Imperatriz (Praça da Cultura) e Caxias (Volta Rendonda), além de dois postos de atendimento nas cidades de Governador Archer e Santa Quitéria.

Pelo menos 130 funcionários do Banco do Brasil serão afetados de forma direta ou indireta, só no Maranhão, pelo processo de reestruturação da instituição. E 5 mil funcionários serão demitidos até o próximo dia 5 de fevereiro em todo o Brasil.

Segundo Zé Inácio, centenas de  famílias serão prejudicadas, além de milhares de clientes que não mais terão acesso a essas agências, e terão que conviver com a superlotação e grandes filas em outras agências. “O que enfraquecerá as medidas contra a Covid-19, visto que aumentará a aglomeração de clientes”.

O parlamentar diz, ainda, que essas medidas agravarão a situação econômica e social do Estado, além de prejudicar bancários, a população maranhense e de todo o país.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.