Neto Evangelista pode disputar prefeitura de São Luís pelo PDT

Bem situado nas pesquisas e sem sombra interna no Democratas, o deputado estadual Neto Evangelista consolida seu nome para disputar o pleito de 2020 e vem se constituindo como uma boa opção para os governistas pensarem em chegar ao segundo turno e brigar com condições reais de manter a hegemonia do grupo antisarneysista na capital.

Político habilidoso, apesar da pouca idade, com trânsito fácil em todas as correntes que atuam no plenário da Assembleia Legislativa do Estado, Neto conta com o apoio da direção nacional do DEM, que articula junto aos líderes nacionais do PDT uma aliança em torno do seu representante na sucessão do prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Junior (PDT).

Em recente entrevista coletiva concedida na sede do PDT, em São Luís, o presidente estadual, senador Weverton Rocha, anunciou o presidente da Câmara Municipal de São Luís, vereador Osmar Filho, como seu representante na sucessão municipal, mas internamente a confirmação da candidatura está condicionada ao desempenho nas pesquisas.

Conforme comentam nos bastidores das eleições 2020, Osmar é o pré-candidato, mas caso não atinja um percentual de intenção de votos que lhe permita lutar por uma vaga num provável segundo turno, até o prazo limite, o partido estará aberto para discutir alianças, indicando o vice preferencialmente na chapa do candidato do DEM.

Diante da perspectiva de lançar Osmar ou fazer aliança com o DEM, quem está ficando fora do jogo é o deputado estadual Dr. Yglésio Moisés, que tenta agora convencer os dirigentes pedetistas a liberarem sua saída para tentar viabilizar sua candidatura por outra legenda.

Blog do Jorge Vieira

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.