AL recebe peças contendo projetos do Plano Plurianual e Lei Orçamentária de 2016

O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Humberto Coutinho (PDT), recebeu ontem (30), das mãos da secretária de Planejamento e Orçamento do Estado, Cyntia Mota Lima, as peças contendo o Plano Plurianual (PPA) de 2016 a 2019 e a Lei Orçamentaria Anual (LOA) para o exercício de 2016.

O Governo do Estado contará, para o próximo ano, com a previsão orçamentária de 16,8 bilhões de reais. Cerca de R$1 bilhão a mais do que o orçamento de 2015, entretanto com crescimento menos acentuado do que no ano passado. O orçamento para 2015 foi de R$15,8 bilhões, R$ 1,7 bilhões a mais do que o de 2014.

O presidente Humberto Coutinho elogiou o trabalho da secretária e de sua equipe técnica e afirmou que a Casa agora irá estudar as peças e trabalhar para aprovar o Orçamento logo no início do mês de dezembro. “A secretária Cyntia e sua equipe fizeram um grande trabalho, de maneira que houve um aumento de quase 1 bilhão de reais para o próximo ano. Agora a casa irá estudar, discutir todos os pontos nas Comissões, e assim aprovar o Orçamento com tranquilidade até no começo de dezembro”, assegurou.

O presidente da comissão de Orçamento, Finanças, Fiscalização e Controle, deputado Rigo Teles (PV), disse que, a partir da próxima semana, o Orçamento já começará a ser discutido pela Comissão. “Temos até o dia 22 de dezembro, quando acontece a última sessão do ano, mas vamos nos debruçar sobre a peça orçamentaria, discutir os pontos, alterar e corrigir o que for preciso e acredito que vamos conseguir aprovar o Orçamento, uns 15 dias antes do prazo limite”, afirmou.

A entrega do Orçamento foi realizada na sala da presidência e, além da presença da secretária da SEPLAN, Cyntia Lima e de sua equipe técnica e do presidente Humberto Coutinho, participaram também os deputados Rigo Teles, Fábio Braga e Ricardo Rios.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.