Armação em Timbiras: vereadores planejam cassar prefeito

A Câmara de Vereadores do Município de Timbiras conspira para derrubar o prefeito Carlos Fabrízio Sousa.  A armação para cassar o prefeito teria partido do vice, Drº Rodrigues, que com a queda do atual gestor assumiria o comando da prefeitura. Para se ter uma ideia da armação, os sete vereadores do municípios estão se reunido em São Luís.

Os vereadores acusam o prefeito de onerar a folha de pagamento da educação, onde teriam sido detectado professores recebendo salários de até R$5 mil. Os vereadores sugerem ainda que o prefeito estaria maquiando os altos salários para desviar recursos do Fundeb, o que segundo interlocutores do prefeito não é verdade.

Essas informações teriam sido levantadas e entregues ao prefeito e ao vice-prefeito, pela ex-secretária de Educação e pelo ex-procurador do município, ambos demitidos pela atual gestão. De posse desses dados, o vice-prefeito teria procurado o presidente da Câmara para planejar a cassação do prefeito.

O problema é que os altos salários dos professores foram criados na gestão anterior e muitas dessas informações foram adulteradas de propósito. Sabedor da irregularidade, o  prefeito  Carlos Fabrízio encaminhou projeto à Câmara para reduzir a folha de pagamento da Educação que comprometia todo recurso do Fundeb.

O projeto encaminhado pelo executivo foi imediatamente engavetado pela Câmara e não chegou nem a ser votado pelos vereadores.

Por conta disso, o  prefeito Carlos Fabrízio vem sendo vitima de uma armação muito bem arquitetada pelo vice-prefeito mancomunado com os sete vereadores.

 

 

5 pensou em “Armação em Timbiras: vereadores planejam cassar prefeito

  1. CARO BLOGUEIRO…TENHA CUIDADO NAS POSTAGENS…EXAMINE A VERACIDADE DOS FATOS…AKI EM TIMBIRAS É AO CONTRARIO DESTA POSTAGEM……ASSIM VC BLOGUEIRO PERDERA SUA CREDIBILIDADE…ELE(PREFEITO) ESTÁ INDUZINDO VC AO ERRO…..PRIMEIRO VERIFIKE OS FATOS E DEPOIS POSTE….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.