Obras do Complexo Deodoro estão em fase final

O prefeito Edivaldo Holanda Júnior cumpriu agenda de trabalho na manhã deste domingo (11) vistoriando, com o superintendente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) no Maranhão, Maurício Itapary, os serviços de requalificação realizados na região do Centro pelo órgão federal em parceria com a Prefeitura de São Luís.

Na ocasião, constataram que as obras no Complexo Deodoro – que compreende as praças Deodoro, Pantheon e as alamedas Silva Maia e Gomes de Castro – estão em fase de finalização. Já na Rua Grande, os serviços seguem conforme o cronograma, já estando pronta 60% da requalificação proposta para a principal via de comércio da capital.

“Esta é a maior obra dos últimos 30 anos que se realiza na área do Centro, com a parceria Iphan e Prefeitura, que vai reordenar o espaço e entregar à população locais totalmente renovados.Ver essa obra avançando e em pleno andamento nos deixa satisfeitos e felizes. Sobretudo por esta importante união de forças que vêm somar aos investimentos realizados pela Prefeitura, para a revitalização do Centro Histórico da cidade e para que a população possa usufruir de um espaço com toda infraestrutura e conforto”, disse o prefeito Edivaldo que estava acompanhado da primeira-dama Camila Holanda e do presidente do Instituto Municipal da Paisagem Urbana (IMPUR), Fábio Henrique Carvalho.

Na Rua do Passeio foi iniciado o serviço de terraplanagem no trecho que sai desta para a Rua Grande. Toda a pavimentação asfáltica foi removida e feito o nivelamento da via para que futuramente receba a novo pavimento, que será de bloquete intertravado.

No local é executada a colocação de brita para reforçar o pavimento em bloquete. Este serviço segue da Rua do Passeio até o cruzamento da Rua Rio Branco e Rua do Sol. Com isso, será feita a comunicação da Praça do Pantheon e alamedas com a Deodoro.

Prossegue ainda o serviço de pavimentação da Rua Rio Branco, que fará comunicação da intervenção da Rua Grande e Complexo Deodoro. Na Rua Grande, estão concluídos os serviços da primeira, segunda e terceira quadras.

As equipes trabalham na quarta quadra com a pavimentação em placas de concreto e em seguida, iniciam serviços de execução da pista de rolagem. Na quinta quadra, são concluídos serviços de instalação e regularização de caixas elétricas, para após iniciar instalação de canaletas, pavimentação com granitos e pisos de bloquete intertravado,

Na sexta quadra foram retirados paralelepípedos para realização de serviços de água e esgoto.

Um comentário sobre “Obras do Complexo Deodoro estão em fase final

  1. Prefeito, o senhor “surpreendeu’ de novo, abriu uma licitação para a contratação de empresa para forneciemnto de mão de obra para as escolas, com um valor absurdo de R$ 46.439.789.04, por um 12 meses cada terceirizado caustará aos cofre públicos R$ 4200,00, mais do que o salário de um professor, ainda justificam na licitação contratar por não haver material humano, se a Semed não dispõe de pessoal de limpeza suficiente é porque o senhor não realizou nenhum concurso para essa área, vai contratar via terceirização 893 ‘profissionais’ podendo fazer um certame que sairia mais barato, outra coisa, toda aquela exigência quanto deve ser a limpeza é só no papel porque na prática , irão contratar as mesmas pessoas, como fizeram com a portaria, algumas sem a menor condição laboral, doentes porque até hoje a empresa que as contratou nunca realizou um simples exame de sangue, colocar pessoal pelo tamanho da escola também é utopia, onde trabalho tem uma área externa imensa que não é limpa, pois geralmente fica limpo, não porque varrem, mas lá é jardim onde crianças não produzem lixo para jogar no chão, quanto a janelas em muitas escolas não se pode pegar as janelas pra abrir que as mãos ficam sujas porque limpeza que é bom, eu vejo limpando uma pessoa do quadro, os terceirizados escolhem o que fazer e quando, já que alguns diretores pouco se importam com o serviços de limpeza das escolas. Edivaldo, vc decepcionou, se fizesse um concurso daria oportunidade de contratar pessoas de forma impessoal sem indicação de ninguém e muitos não têm padrinhos políticos para conseguirem um trabalho, pois tenho certeza que os diretores respaldarão a todos os atuais mesmo os mais descompromissados e capengas, embora eu conheça alguns que são eficiente com a sua função. De qualquer forma vou continuar insistindo porque recursos públicos têm que ser usados com responsabilidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.