STJ condena prefeito de Bacabal por improbidade administrativa

G1/MA — O Superior Tribunal de Justiça (STJ) condenou o prefeito da cidade de Bacabal, a 245 km de São Luís, por improbidade administrativa e dano ao erário público.

José Vieira (PP) também teve os direitos políticos suspensos por três anos.

A decisão do STJ é do dia 18 de outubro retroativa a março do ano passado e não cabe mais recurso.

Assim que a Câmara Municipal for comunicada, o vice-prefeito Florêncio Neto (PHS) deve assumir a prefeitura.

Além dessa decisão, a chapa encabeçada por Zé Vieira aguarda o julgamento de um recurso no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em relação ao seu registro para concorrer na eleição de 2016.

Caso seja mantido o indeferimento pelo TSE, o vice-prefeito também deve ser afastado. Nesse caso, assume provisoriamente o presidente da Câmara, cabendo à Corte Eleitoral definir se assume o segundo colocado ou se é realizada uma nova eleição.

Ao G1, o advogado de Zé Vieira declarou em nota que a decisão do STJ não causará o afastamento do cargo de prefeito de Bacabal.

Abaixo, leia a nota na íntegra:

“Sobre a decisão do STJ, não merece prosperar a tese de trânsito em julgado da decisão, visto que são passíveis de embargos de declaração que inclusive já foram opostos. Ademais a perda da função pública e suspensão dos direitos políticos não se aplicam para essa gestão na esfera cível, vez que a matéria é discutida apenas no âmbito eleitoral como condição de elegibilidade, logo, eventual trânsito em julgado pelo STJ sem apreciação pelo TSE não trará prejuízos a manutenção do cargo”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *