Processo seletivo de Duarte Júnior com cheiro de demagogia

O deputado eleito Duarte Júnior abriu processo seletivo para formar sua equipe de gabinete. Atitude louvável. Ele diz que isso é uma maneira de mostrar que a política pode ser feita de maneira diferente. Ok !! Mas vale lembrar que não há qualquer  novidade nisso.

Os quatro cargos oferecidos pelo ex-diretor do Procon-MA, representam apenas  21%  do cargos a que tem direito em seu gabinete, 19 no total. Ou seja , ele terá ainda 15 cargos para livre indicação.

Para muitos, Duarte faz apenas média, seguindo seu melhor estilo midiático.  Um craque!!!

O deputado eleito poderia mostrar o contrário e ampliar os cargos oferecidos de quatro para 10 ou 15. E já que acredita mesmo que a política pode ser feita de maneira diferente, poderia seguir o exemplo do senador José Refugge  do PDT do DF, que abriu mão de todas as regalias a que tinha direito.

Faça isso Duarte Júnior, abra mão de todas as regalias, como por exemplo;  verba de gabinete, auxilo paletó, diárias,  entre outras.  Caso contrário, fica mesmo a impressão de que oferecer 4 cargos de 19 não passa de demagogia.

Drª Thaíza tem contas de campanha aprovadas pelo TRE-MA

A deputada eleita Drª Thaíza ao lado do governador Fávio Dino durante a campanha

O Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão aprovou na tarde desta quinta-feira (13) a prestação de contas de campanha eleitoral de 2018 da Drª Thaíza de Aguiar Hortegal.

A médica pediatra foi eleita nas eleições de outubro com mais de 50 mil votos e foi votada  em mais de 90% dos municípios do Estado. Ela foi a sétima candidata mais mais votada.

“O resultado da apreciação das nossas contas não é surpresa mas a notícia nos enche de satisfação; fizemos uma campanha séria e limpa; e é dessa forma que vamos exercer o mandato escolhido pelo povo querido do nosso Maranhão”,  disse a deputada eleita Dra. Thaíza.

Morros: vereador muda de lado depois de se eleger para a Mesa Diretora, e marca nova eleição

Esse caso é inédito.

Em Morros, o vereador Edilson Santos, o Edilson de Zé Baixinho, elegeu-se membro da Mesa Diretora da Câmara local num pleito realizado no dia 7 de dezembro.

Na ocasião, participaram da sessão apenas 6 dos 11 parlamentares. Como tinham maioria, os presentes impuseram a derrota ao grupo do prefeito Sidrack Feitosa (MDB).

Mas Edilson de Zé Baixinho arrependeu-se.

Traiu o grupo pelo qual elegeu-se, aderiu à base do prefeito e agora decidiu cancelar a eleição, marcando uma nova votação para amanhã (14).

Resta saber se esse novo pleito valerá de alguma coisa, já que o primeiro até ata lavrada já teve.

Após 4 anos de avanços, Maranhão está pronto para novo ciclo, diz Márcio Jerry em balanço de gestão

O secretário de Estado de Comunicação Social e Assuntos Políticos (Secap), Márcio Jerry, fez nesta quinta-feira (13) um balanço resumido sobre os quatro anos de gestão do governador Flávio Dino e mostrou perspectivas para o próximo mandato: “Mesmo com a crise econômica nacional, tivemos ampliação dos serviços públicos, estruturando o Maranhão para um novo ciclo de desenvolvimento”.

“Com a superação da forte crise que atinge o Brasil, o Maranhão tem condições não só de ampliar os investimentos, mas de entrar em um novo ciclo de utilização plena de seu potencial econômico, dos recursos naturais, do transporte, de seu complexo portuário. Assim, poderemos ter uma nota etapa de desenvolvimento sustentável e com justiça social”, afirmou durante entrevista coletiva a jornais, rádios, TV e blogs.

Jerry lembrou que, desde o início da gestão, o governador Flávio Dino encontrou um cenário nacional de muita instabilidade econômica e política, o que afetou todos os Estados. O Maranhão, por exemplo, deixou de receber mais de R$ 1,5 bilhão em repasses federais neste período.

“A despeito da crise, o governador Flávio Dino conseguiu empreender muito nestes quatro anos, com avanços inquestionáveis em várias áreas essenciais das políticas públicas. Não há uma área em que não constatemos avanços importantes no comparativo com o que tínhamos no final de 2014.”

Balanço

Jerry começou o balanço das ações com a Educação. Alguns dos números expostos pelo secretário foram: 830 Escolas Dignas construídas, reconstruídas ou reformadas; mais de 50 escolas de ensino integral; e 26 unidades do Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (Iema). Antes, não havia ensino integral e nem profissionalizante na rede estadual.

O titular da Secap também falou sobre a entrega de 1,4 milhão de uniformes, R$ 148 milhões investidos no Bolsa Escola, 91 ônibus e duas lanchas escolares.

“Tivemos a melhor nota do Ideb da história do Maranhão”, lembrou ao se referir sobre a evolução do desempenho do Ensino Médio, que passou de 2,8 para 3,4 na escala medida pelo Ministério da Educação.

O secretário também falou sobre o maior salário do Brasil para os professores da rede estadual maranhense: R$ 5.750,83.

“O conjunto da obra na Educação é inegavelmente o que tem mais importância neste período de governo. Não há possibilidade de implantar política de desenvolvimento sem base educacional”, disse Márcio Jerry.

Saúde e Mais Asfalto

Durante o balanço, o secretário destacou a entrega de dez novos hospitais em todo o Maranhão, mais de 200 ambulâncias, mais de 240 mil atendimentos do Mais Saúde, a criação da Casa de Apoio Ninar e a abertura do Sorrir.

Outro ponto de atenção foi a infraestrutura, com a marca de 3 mil quilômetros concluídos pelo Mais Asfalto em mais de 210 cidades do Estado.

“O Mais Asfalto levou pavimentação para os municípios num momento de crise econômica. Ajudou muito na requalificação e melhorias urbanísticas das cidades.”

Segurança

Na Segurança Pública, Jerry destacou o aumento da criminalidade no cenário nacional, enquanto o Maranhão reduziu os homicídios em 62% na Grande Ilha, em comparação com 2014.

O Estado chegou à marca recorde de 15 mil policiais. Nove mil profissionais foram promovidos. Mais de mil viaturas foram entregues.

“E Pedrinhas mudou radicalmente, porque o Estado tomou conta do sistema penitenciário do Maranhão. Pacificou o sistema prisional”, acrescentou, referindo-se ao fim das rebeliões e massacres nos presídios.

Ações sociais e cultura

Entre as ações sociais, o secretário ressaltou o aumento de 6 para 25 Restaurante Populares e Cozinhas Comunitárias no Maranhão: “É algo que ninguém jamais vai conseguir fechar. Porque tem um impacto muito grande para os moradores e os municípios”.

Jerry também percorreu ações na cultura, no turismo, no saneamento, no abastecimento de água e em outras áreas.

“Em síntese, há um dinamismo de governo que se pautou fortemente pelo cumprimento ao que propôs e que conseguiu driblar muito fortemente a crise brasileira. Conseguiu manter investimento novos e ampliou serviços. E constituiu um ambiente seguro para investidores privados”, concluiu, referindo-se a empreendimentos bilionários que vieram para o Maranhão desde 2015, com empresas como Suzano, Vale e Ômega Energia.

Pagode do Seu Zé recebe prêmio de Festa do Ano

Em votação popular, o Pagode do Seu Zé foi o grande vencedor do prêmio “Eu Faço a Diferença” como festa do ano. A premiação foi entregue na noite de terça-feira (11) na Casa Branca Buffet, no Jardim Eldorado, em São Luís.

Idealizado pela Gajo Entretenimento e D+ Music, o Pagode estava concorrendo com o São João da Thay, da Digital Influencer Thaynara OG e Funk In The House, da Acontece Produções.

“Nós ganhamos, mas a cultura, o samba, o pagode e os artistas maranhenses também ganharam. Obrigado a cada pagodeiro que tirou um minuto do seu dia pra votar na gente. Obrigado a essa equipe aguerrida que sempre acredita que podemos mais”, comemorou o empresário Paulo Siqueira, proprietário da Gajo Entretenimento.

A maior roda de samba de São Luís vem se consagrando como palco das maiores atrações nacionais e locais e por isso tem tornado o seu público mais fiel, que não deixa de prestigiar as domingueiras na Tom Music – local onde é realizado o Seu Zé.

Prêmio Eu faço a Diferença

  1. O prêmio “Eu Faço a Diferença” tem como objetivo incentivar e dar maior visibilidade aos profissionais locais que batalham diariamente com seu trabalho para somar à cultura maranhense, levando alegria através do entretenimento, lutando pela valorização da arte, liberdade de expressão, respeito, sendo porta-voz de uma geração e buscando reconhecimento em sua área de atuação.

Edivaldo anuncia para o dia 20 o pagamento da 2ª parcela do 13º salário

O prefeito Edivaldo Holanda Junior (PDT) anunciou nesta quarta-feira (12), em suas redes sociais, a data do pagamento da segunda parcela do 13º salário, que estará na conta dos servidores municipais no dia 20 deste mês. O pedetista já havia antecipado no mês de julho a primeira parcela, mesmo com a opção de pagar integralmente o valor apenas no fim do ano.

“Fico muito feliz que a nossa gestão, mesmo neste cenário de crise nacional, esteja cumprindo com rigor mais esse compromisso. O pagamento do salário em dia valoriza o servidor e aquece ainda mais a economia da capital neste período de festividades”, publicou o prefeito em seus perfis nas redes sociais.

A antecipação da primeira parcela em julho e o pagamento em dia da segunda neste mês de dezembro demonstra mais uma vez o compromisso do prefeito Edivaldo com o servidor municipal, uma das marcas da sua gestão, que encerra o ano sem ter tido qualquer atraso nos salários, tendo inclusive na maioria dos meses adiantado o dinheiro nas contas dos funcionários públicos.

A gestão do prefeito Edivaldo está na contramão de outras cidades e estados que não conseguiram honrar os seus compromissos salariais, sobretudo por causa da queda progressiva dos repasses federais, resultado da crise em que vive o país. É o caso das Prefeituras de Natal, Aracaju e Maceió (sem previsão de pagamento até o momento) e a do Rio de Janeiro (ainda vai pagar a primeira parcela do benefício).

Com a administração responsável e planejada, o pedetista se destaca entre os gestores que conseguiram manter as contas em dia. Mesmo isso sendo uma obrigação das gestões públicas, diante do cenário em que vive o país, o feito merece ser evidenciado, ainda mais neste período de fim de ano, em que se espera uma economia aquecida e seguindo em curva ascendente.

 

Em despedida da Câmara, Weverton agradece ao povo do Maranhão e garante continuidade de atuação no Senado

Em discurso de despedida na Câmara dos Deputados, na terça-feira, dia 11, Weverton Rocha (PDT) fez agradecimentos ao povo do Maranhão pelos quase dois milhões de votos que recebeu para o Senado e dividiu sua satisfação em ter sido o mais votado na história do estado.

“Isto nos dá uma grande responsabilidade, pela tarefa que o povo do Maranhão nos deu, de continuar no Senado Federal o que fizemos aqui na Câmara dos Deputados, em uma frente totalmente voltada para a defesa do nosso trabalhador e para o nosso povo, sempre lutando lado a lado do nosso governador Flávio Dino”, disse o deputado. Ele agradeceu também aos companheiros que o apoiaram nesta jornada e aos 15 partidos que se juntaram à chapa majoritária que venceu as eleições deste ano.

Weverton destacou que vai para o Senado sabendo que lá tem que defender o seu verdadeiro patrão, que é o povo do Maranhão e do país. “Sabemos que há muito o que fazer, que há disputas muito claras, pois há um fosso na democracia do nosso país. Mas é preciso ter serenidade. É através destas duas Casas que vamos trilhar o caminho para o reencontro de políticas públicas que ajudem efetivamente a melhorar a vida da população”, pontuou.

O senador eleito garantiu que permanecerá fiel às suas convicções, mantendo-se na oposição ao governo do presidente Jair Bolsonaro, mas que tem respeito ao resultado das urnas e que estará aberto ao diálogo sempre que for bom para a população.

“Tenham no deputado Weverton, a partir do dia 1 de fevereiro, como Senador da República, o mais árduo defensor da democracia e do trabalhador brasileiro, fazendo de lá uma extensão da Câmara, na luta travada aqui pelos companheiros”, concluiu o pedetista.

Sedel estuda implantação campos de grama sintética

O governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado do Esporte e Lazer (Sedel), esteve em reunião na segunda-feira (10) com a Federação Maranhense de Futebol 7 (FMAF7) para tratar sobre a implantação de novos campos de grama sintética na capital São Luís. O encontro, que ocorreu na sede da Sedel, contou com a presença do secretário de Esporte e Lazer Hewerton Pereira e do secretário adjunto em Esporte Educacional, Américo Lobato.

A popularidade dos gramados sintéticos vem crescendo com o passar dos anos, devido à diminuição dos custos de manutenção. Entretanto, a popularização não é como esperada, tendo em vista que a maior parte dos campos é de detenção privada. “A gente vê a necessidade de implantação no Maranhão, pois em outros estados já tem campos abertos ao público. Sabemos da dificuldade de manter um campo de grama natural, pois, por exemplo, em épocas de chuva, é preciso paralisar as escolinhas”, afirmou o presidente da Federação, Waldemyr Rosa.

Valdemyr falou ainda sobre a importância do projeto, denominado de ‘Campo Digno’, para o crescimento do fomento à pratica da modalidade. “Esse será o principal elo para fomentação do fut7, pois não conseguimos avançar com a modalidade por conta do pouco número de campos. Então, com a construção, o número de atletas para participar será ainda maior”, enfatizou.

O trabalho de execução do projeto ocorrerá por meio da Lei de Incentivo ao Esporte, e permite a construção de campos para futebol 7 e futebol 11 (que podem ser divididos em fut7) em grama sintética, diminuindo os custos de manutenção e divulgação dos campos. “A Sedel auxiliará na elaboração e execução do projeto desses campos de grama sintética, que beneficiarão de forma direta um grande número de maranhenses que querem praticar a modalidade”, afirmou o secretário adjunto Américo Lobato.

Para o gestor da pastas de Esportes, essa será mais uma ação que contribuirá para o fomento à prática esportiva. “Nós sempre nos esforçamos para oferecer atividades esportivas para a comunidade e, com a implantação de mais um projeto que forneça subsídios para que as pessoas pratiquem o futebol society, o esporte amador maranhense só tem a ganhar”, destacou Hewerton Pereira.

Câmara de Pinheiro aprova Projeto de Lei do Executivo que isenta mais de 10 mil famílias da taxa de iluminação pública

Por 10 votos contra 5, a Câmara Municipal de Pinheiro aprovou nesta terça-feira,11, Projeto de Lei de autoria do Executivo municipal que isenta famílias de baixa renda do pagamento da taxa de iluminação pública.

O prefeito Luciano Genésio disse que a Câmara cumpriu com seu dever ao aprovar um projeto que agora passa a beneficiar cerca de 10 mil famílias. Ele explicou que a antiga Lei estava desatualizada há 9 anos, além de irregular, uma vez que as famílias da Zona Rural pagavam uma taxa maior que as da sede do município.

“A prefeitura enviou esse Projeto de Lei para corrigir uma distorção da antiga Lei, que cobrava uma taxa de iluminação pública maior para as famílias da zona rural, quando deveria ser menor. Esse projeto irá beneficiar cerca de 10 mil famílias, o que representa 1/3 das residências do município de Pinheiro”, disse o prefeito Luciano Genésio.

O líder do governo na Câmara, vereador Alessandro Montenegro ressaltou a importância da atualização da lei. “Esse projeto de lei beneficiará dez mil famílias que serão isentas da taxa de iluminação pública. Hoje a taxa de iluminação da zona rural está sendo superior à da zona urbana. Isso é desproporcional.  Não podemos tirar de quem tem menos, para dar para quem mais tem”, declarou.

 

Dois PM’s, um mecânico e um pistoleiro são presos pela morte do prefeito de Davinópolis

Na manhã desta terça-feira (11), a Polícia Civil do Maranhão deu cumprimento a quatro mandados de prisões nas cidades de Grajaú, Imperatriz e em Dom Eliseu-PA, contra acusados pelo assassinado do prefeito de Davinópolis, Ivanildo Paiva, ocorrido no mês de novembro.

Informações obtidas com exclusividade pelo blog do Domingos Costa, relevam que foram presos durante operação, Francisco de Assis Bezerra Soares, conhecido como Tita, identificado como Policial Militar do Estado do Pará.

José Denilton Guimaraes, conhecido como Boca Rica, (mecânico) que segundo a investigação fizeram a articulação e contratação dos executores.

Willame Nascimento da Silva, Policial Militar do Maranhão, lotado em Grajaú, fora convidado para a execução.

E Jean Dearlen dos Santos, Jean Listrado, outro cooptado para realizar a execução. Este último um pistoleiro da região mercadinho.