PL anuncia desfiliação de pré-candidato acusado de homicídio

O Partido Liberal anunciou hoje (2), por meio de nota, a desfiliação de Leandro Santos dos seus quadros.

Ele foi preso na segunda-feira (1º), acusado do assassinato da economista Fátima Maria Evangelista dos Santos, 65, de quem, segundo a polícia, ficou com R$ 180 mil (saiba mais).

Segundo o partido, uma notificação já foi encaminhada ao próprio acusado, informando-lhe da desfiliação.

Leandro Santos estava no partido para tentar uma vaga na Câmara Municipal de São Luís.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.