Ofensiva contra Josimar Maranhãozinho no caso das máscaras levanta importante questionamento

DOIS PESOS E DUAS MEDIDAS??

Uma postagem feita pelo deputado federal Josimar Maranhãozinho, nessa semana, em sua rede social, em que ele aparece usando uma máscara de pano com as cores e o número do seu partido, o PL, tem sido motivo de variadas interpretações sendo, inclusive, motivo para a procuradoria regional eleitoral no Maranhão apurar se houve, ou não propaganda eleitoral antecipada.

*Prefeito de Codó e as máscaras*

Mas, um bom exemplo que, diferentemente do caso do deputado Josimar, não despertou a mesma atenção, da justiça: trata-se do prefeito de Codó, Francisco Nagib, que ofereceu máscaras personalizadas em troca de seguidores para sua esposa, a secretária de Desenvolvimento Social, Agnes Oliveira. “Estamos disponibilizando a todos o kit #codo pulseira e máscara Covid-19. os interessados sigam a rede @agnes_oliveira, fale no direct”.

Situação essa, do prefeito de Codó que, notadamente, caracteriza-se como abuso de poder político e/ou econômico em que ele explora esse momento de emergência e de calamidade pública decorrente da pandemia da covid-19, que estamos enfrentando. As publicações apresentam imagens de Francisco Nagib usando máscaras e pulseiras confeccionadas de modo a se beneficiar politicamente, caracterizando abuso de poder econômico .

Daí a pergunta se existiriam, por parte da justiça eleitoral, dois pesos e duas medidas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.