Prefeito Edivaldo garante atendimento a pacientes de Covid-19 no Hospital da Mulher

O prefeito Edivaldo Holanda Junior (PDT) anunciou, por meio das suas redes sociais, que o Hospital da Mulher já está totalmente pronto para começar a receber pacientes de Covid-19. O hospital foi definido pelo pedetista como a unidade de referência na rede municipal para atendimento a pacientes com o novo coronavírus. A adaptação do perfil de atendimento do Hospital da Mulher faz parte das ações que Edivaldo vem tomando desde o início da pandemia para controlar o avanço da doença entre a população de São Luís.

A unidade tem 53 leitos, sendo 10 de UTIs e 43 clínicos, reservados exclusivamente para o tratamento da Covid-19, além de equipamentos como respiradores e desfibriladores, equipe médica multidisciplinar com clínicos gerais, intensivistas, infectologistas e outros, além de todos os EPIs e insumos necessários para prestar toda a assistência que os pacientes precisarem.

O pedetista garantiu ainda 20 leitos de retaguarda junto ao Hospital Universitário e já trabalha para disponibilizar mais 80 leitos nas unidades mistas da rede municipal, se houver necessidade.

Edivaldo tem estado atento ao avanço da doença entre a população de São Luís e adotado medidas que diminuam os seus efeitos sociais, de saúde e econômicos. Todas a ações são baseadas nas recomendações das autoridades médicas. Ele também tem reforçado em todos os seus pronunciamentos a importância do distanciamento social como medida para controlar a transmissão do vírus.

1 pensou em “Prefeito Edivaldo garante atendimento a pacientes de Covid-19 no Hospital da Mulher

  1. Foi publicada uma orientação no diário oficial do município acerca do funcionamento das escolas na qual só o serviço de portaria e vigilância será mantido e que conforme a necessidade o gestor da escola tem que fazer uma espécie de escala para que os prédios não foquem sujos com aspecto de abandono e com isso os profissionais de limpeza quando solicitado devem ir para manter limpo o ambiente, acontece que na maioria dss escolas não está ocorrendo isso, aqui onde moro a gestora aparece na escola e ela mesma faz o serviço, falou com o encarregado e a resposta não foi o que se espera de alguém responsável. Se as escolas passarem mais um mês sem aulas, em alguns prédios será preciso um mutirão para limpar e higienizar, detalhe importante a empresa continua mantendo o pagamento dos salários e os tickets alimentação em dia dos funcionários, portanto sem razão para nenhum deles aparecer pelo menos de vez em quando.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.