Eliziane dá de ombros para Flávio Dino e o PT e não participa de ato Pró-Haddad em São Luís

A deputada federal e senadora eleita pela campo do governador Flávio Dino (PC do B), Eliziane Gama (PPS), deu de ombros para o comunista e para o PT do Maranhão e não participou, ontem, de ato de campanha realizado em São Luís em favor do candidato à Presidência da República, Fernando Haddad.

O petista, acompanhado do próprio governador e de integrantes do seu grupo, como o deputado federal e senador eleito, Weverton Rocha (PDT), participou de caminhada e comício promovidos no bairro do Anil e que contaram com as presenças de milhares de militantes e apoiadores.

Eliziane, no entanto, não se fez presente. Nem uma publicação de apoio nas suas redes sociais a evangélica ou seus assessores se deram ao trabalho de divulgar.

No primeiro turno, a parlamentar não recebeu o apoio do PT no estado. Tal situação ocorreu devido ao fato de Eliziane ter votado a favor do impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff e por ter constrangido o ex-presidente Lula, chegando a propor uma acareação entre o petista e seus delatores na CPI da Petrobras.

Tão logo confirmou-se o resultado das urnas, a deputada, em entrevista coletiva dada juntamente com Flávio Dino e Weverton, anunciou seu apoio a Fernando Haddad.

“Estaremos aí, neste novo momento, trabalhando para que o nosso Maranhão possa estar aí, na condução colocada pelo nosso governador, no apoio ao Haddad”, disse no último dia 07.

No dia seguinte, diante do seu novo posicionamento, a evangélica levou uma reprimenda pública do pastor Pedro Aldir Damasceno, presidente da Convenção Estadual das Assembleias de Deus, que classificou sua declaração como uma “miséria”.

Blog do Gláucio Ericeira

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.