PMs são detidos em São Luís acusados de formação de milícia

Um major e dois soldados da Polícia Militar do Maranhão, cujos nomes ainda não foram revelados, foram detidos nesta quinta-feira (22) acusados de integrarem um grupo criminoso (milícia) responsável por vários crimes, tais como contrabando e roubo de mercadorias.

As prisões foram efetuadas em um sítio no bairro do Quebra Pote, na zona rural de São Luís.

Outras sete pessoas, todas civis, segundo informações da Secretaria de Estado da Segurança Pública, também foram detidas acusadas de participação no grupo.

No local da prisão, foram apreendidos veículos, armamento e algumas mercadorias, como cigarros e uísques.

Também foi descoberto na área do sítio uma espécie de porto que era utilizado pelos criminosos.

Os acusados serão apresentados pelo secretário Jefferson Portela ainda hoje na Superintendência de Combate à Corrupção.

Blog do Gláucio Ericeira

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.