Prefeitura pagou quase R$ 70 mil em diárias no primeiro semestre…

Titular do Turismo, Lula é campeão de diárias

Blog do Marco D’Eça

O total pago em diárias pela Prefeitura de São Luís no primeiro semestre de 2013 atingiu R$ 69.400, valor que corresponde apenas aos pagamentos com o primeiro escalão do governo. Não estão na lista, os reembolsos com o segundo escalão, nem servidores que auxiliam seus chefes nessas viagens.

Os secretários de Turismo, Lula Filho; de Agricultura, Marcelo Coelho, e o vice-prefeito Roberto Rocha, lideram a lista dos maiores valores com R$ 13.120, R$ 12.300 e R$ 11.070, respectivamente.

O menor recebimento de diárias ficou com a titular do Esporte e Lazer, Raimundo Penha, com R$ 720.

Chama a atenção o pedido de reembolso do secretário de Representação Institucional no Distrito Federal, Márcio Jardim. Mesmo com representação de função para viver em Brasília, ele recebeu diárias no valor de R$ 4.510.

O professor Geraldo Castro Sobrinho pediu reembolso de R$ 3.120. Já recebeu R$ 1.950.

Outro comunista o secretário de comunicação, Márcio Jerry, pediu reembolso de R$ 3.280, é já recebeu deste valor R$ 1.640.


O prefeito Edivaldo Júnior também aparece na ‘farra’ das diárias.

Dos R$ 2.460 que pediu de reembolso, já recebeu R$ 1.640. Além dele, aparecem na lista os secretários Allan Kardec (Educação), com pedido de reembolso de R$ 2.460; Rodrigo Marques (Governo), com R$ 1.640; José Cursino (Planejamento), com R$ 2.050; Breno Galdino (Segurança e Cidadania), com R$ 3.180; Rodrigo Maia (Meio Ambiente), com R$ 1.640 e Mittyz Carneiro (Administração), com R$ 2.050.

A lista tem ainda Gustavo Marques (Projetos Especiais), com R$ 2.050; José Silveira (Obras e Serviços Públicos), com R$ 3.280 e Sueli Bedê (Fazenda), com R$ 6.560.

Os únicos agentes políticos que não utilizaram diárias até agora foram Fabíola Aguiar (Transito e Transporte), José Luís Lago (Orçamento Participativo), Tati Lima (Informação e Tecnologia), Andréia Lauande (Criança e Assistência Social), Antônio Araújo (Urbanismo e Habitação), Osmar Filho (Assuntos Políticos), Francisco Gonçalves (Cultura) e Fátima Moraes (Segurança Alimentar).

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.