A Operação Astiages voltará assombrar a família Teles em de Barra do Corda.

Segundo consta no site de consulta processual, o inquérito policial contra o prefeito Manoel Mariano de Sousa, o Nenzim (PV), será incluído na pauta de julgamento no dia 19 deste mês.

O relator do processo é o desembargador federal Olindo Menezes.

Operação

Nezim foi acusado no ano passado pela Polícia Federal de comandar uma “organização criminosa” que desviou mais de R$ 50 milhões dos cofres do município nos últimos anos.

Na época, a Operação Astiages chefiada pelo delegado Victor Mesquita prendeu vários parentes do prefeito de Barra do Corda.

Foram presos pela PF dois filhos, um genro, e mais cinco “laranjas” da “organização criminosa”, totalizando nove pessoas.

O prefeito passou quatro dias foragido, mas conseguiu habeas corpus junto ao STJ.

Os advogados que atuaram no caso foram José Duarte Júnior e Eduardo Alckmin, que ainda continuam na defesa da família Teles.

Veja abaixo, só para recordar, a relação dos acusados que foram presos na Operação Astiages:

Sandra Maria Telis de Sousa (filho)
Inamar Araújo Medeiros (genro)
Pedro Alberto Telis (filho)
Janaína Maria Morena Simões de Sousa (nora)
Moacir Mariano Silva (laranja)
Luís Marques de Sousa, o Luizinho da Cemar (laranja)
Quintino Gomes da Silva, o Peba (laranja)
Gilson da Silva Oliveira (laranja)
José Aucivan da Silva (laranja).

Veja a consulta:

 

Do blog do Luis Pablo

1 pensou em “A Operação Astiages voltará assombrar a família Teles em de Barra do Corda.

  1. Nessa sessão, ocorrerá o recebimento da denuncia. Como consequencia deste recebimento inevitável, o TRF deverá afastar o prefeito do cargo e demais envolvidos, que também sejam servidores do municípios. Esse desembargador, chegou a ser chamado pela ministra Eliana Calmon, como “terrível”, tamanho seu rigor com processos deste tipo. Aguarde que acontecerá isso.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.