Enquanto prefeito não sabe o que fez com o que ganhou, vereadora aumenta patrimônio em mais de 1500%

A declaração de bens enviada pelos candidatos ao TSE revela dados interessantes e discrepâncias na evolução patrimonial desses candidatos entre uma eleição e outra.

Num espaço de quatro anos alguns candidatos chegam a elevar em muito seu patrimônio. Em alguns casos é muito difícil de explicar como conseguiram acumular tanta riqueza depois que assumiram cargos públicos, como de vereador e prefeito.

Mas, existem aqueles que não conseguem aumentar o patrimônio. Mesmo ocupando um cargo de prefeito, o que não deixa de ser estranho uma vez que o salário é de aproximadamente 14 mil reais.

Como é o caso do prefeito de Alto Alegre do Pindaré, Atemir Botelho (PRTB), que na última eleição em 2008, quando disputou pela primeira vez a prefeitura, declarou possuir apenas um computador no valor de R$ 1500. Passados quatro anos, ganhando salário de quase R$ 14 mil por mês, R$168 mil por ano, o prefeito declarou ao TSE para as eleições deste ano apenas R$56 mil em bens. São duas casas e um terreno. Ele não declarou possuir automóvel.

Já com a presidente da Câmara de vereadores de Vargem Grande, Maria da Conceição (PMDB), aconteceu o contrário. Em 2008, quando era professora e concorreu ao cargo de vereadora, havia declarado ao TSE, R$ 167 mil, entre os bens estavam uma fazenda, um apartamento, um salão comercial, um carro, uma moto e 30 mil reais em gado.

Para as eleições deste ano, a vereadora declarou ao TSE a bagatela de mais de R$ 2,5 milhões em bens. A fazenda de 2008 não existe mais. Deu lugar a quatro casas que juntas valem R$ 800 mil. O apartamento que era só um virou dois. Os 30 mil em gado agora são 300. Além de dois terrenos avaliados em R$ 1,1 milhão.

É difícil explicar que o prefeito Atemir Botelho, recebendo cerca de 14 mil por mês , além de ter gasolina e telefone pagos pela prefeitura, fez com todo seu salário e juntar apenas 56 mil reais em quatro anos e ainda em bens, sem declarar nada em dinheiro.

Assim como é muito mais difícil de explicar como uma professora que vira vereadora aumenta o seu patrimônio de R$ 167 mil para mais de R$ 2,5 milhões.

2 pensou em “Enquanto prefeito não sabe o que fez com o que ganhou, vereadora aumenta patrimônio em mais de 1500%

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.