Corrupção: empresa flagrada pelo Fantástico teria sido fornecedora da Saúde na gestão de Tadeu Palácio

Ex-prefeito Tadeu Palácio

A reportagem do Fantástico exibida no último domingo(19) mostrou para o Brasil como funciona o esquema de corrupção entre empresários e funcionários públicos corruptos.

A reportagem foi gravada no setor de compras de um hospital de excelência, hospital de pediatria da Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Representantes de quatro empresas foram flagrados negociando propina para vencer contratos milionários em diferentes áreas.

Mas não é só no Rio de Janeiro que essas empresas realizam suas negociatas. O blog recebeu a informação de que pelo menos uma delas já teria realizado negociatas aqui em São Luís.

Segundo uma fonte do blog, um ex-funcionário da prefeitura que trabalhava no setor de revisão de contratos, trate-se da Rufolo Serviços Técnicos e Construções.

A empresa teria feito parte do quadro de fornecedores da Secretaria Municipal de Saúde, em 2008, na administração de Tadeu Palácio. Uma das funções do setor era detectar algum tipo de erro nos contratos antes de seguir para a Central de Licitação.

O ex-funcionário informou ainda que quem trabalhava nesse setor tinha tratamento diferenciado. Na hora do almoço,por exemplo, sempre chegava churrasco ou feijoadas, que segundo ele, não sabia de onde vinha, além de ourtas mordomias.

A gestão de Palácio foi marcada por inúmeras supostas denúncias de uma fraude milionária na contração da empresa Limpel, responsável pela limpeza e coleta e lixo. Segundo denúncias da época, palácio teria embolsado uma parte do valor contrato.

Tadeu Palácio sonha em voltar ao cargo e hoje é candidato a pré-candidato a prefeito de São Luís, numa disputa que conta com Roberto Rocha, a deputada Elizaine Gama, o deputado federal Edivaldo Holanda Júnior e Bira do Pindaré(caso vença a previa do PT).

 

1 pensou em “Corrupção: empresa flagrada pelo Fantástico teria sido fornecedora da Saúde na gestão de Tadeu Palácio

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.