Todos os posts de Marcelo Vieira

Deputado Josimar de Maranhãozinho e Detinha visitam Lago do Junco

O deputado estadual Josimar Maranhãozinho e a esposa, a presidente do PR Mulher, Detinha, estiveram no município de Lago do Junco acompanhando a visita do Governador Flávio Dino. Ao lado do governador, do prefeito Osmar Fonseca, vice-prefeito Enoque Lopes, deputado federal Weverton Rocha, deputado estadual Vinicius Louro, assessores Mávio Rocha, Pablo Sales, secretários de governo, vereadores e comitivas de prefeitos de municípios vizinhos (Igarapé Grande, Trizidela do Vale, Lago dos Rodrigues, Esperantinópolis, São Roberto, Bernardo do Mearim, Lago da Pedra), o casal presenciou a inauguração da reforma do Colégio C. E. José Malaquias, melhorias na quadra de esportes da escola, assinatura ordens de serviço do Programa Mais Asfalto em vias urbanas da cidade, implantação do sistema de abastecimento de água, entrega de kits esportivos e ainda visitaram cooperativa de coco babaçu na cidade.

O prefeito Osmar Fonseca reconheceu o apoio que tem recebido do deputado estadual Josimar Maranhãozinho nos últimos anos. Em seu discurso ele fez questão de exaltar as emendas do parlamentar para o município, como a emenda de 2013 onde várias ruas foram asfaltadas. O prefeito também ressaltou a determinação e companheirismo da presidente do PR Mulher Detinha No município e anunciou que ela será a sua pré-candidata a deputada estadual.

A presidente do PR Mulher Detinha agradeceu a receptividade que recebeu e parabenizou o prefeito pelo trabalho realizado. “Não é a primeira vez que venho a Lago do Junco, ao lado do deputado Josimar estivemos aqui em diversos momentos. Essa cidade tem um povo muito acolhedor e simpático e um prefeito que vem realizando muito, somos parceiros e tenho certeza que podemos fazer muito mais.”

Em parceria com o prefeito Osmar, Maranhãozinho tem ajudado na construção de escolas, asfalto na zona rural, estádio entre outros projetos. O parlamentar também elogiou a dinâmica da atual administração. “Trabalhamos em parceria e vamos realizar ainda muitas obras nesse município que tenho um compromisso político, o prefeito Osmar é um administrador sério e comprometido com a sua gente.”

Wellington realizará audiência em Carolina para discutir construção de Unidade Prisional

Atendendo solicitação de moradores do município de Carolina, o deputado estadual Wellington do Curso (PP) realizará audiência pública para abordar, sobretudo, os impactos negativos da implantação da Unidade Prisional no Paraíso das águas, conforme projeto do Governo do Estado. A audiência é resultado de pedido de inúmeros maranhenses que consideram que a implantação da Unidade, sem a devida cautela, trará malefícios para a população.

“Eles tinham que criar era escola ou hospital. Tinham que abrir era vaga de emprego e não isso aí. Quem vai padecer com a insegurança somos nós com essas fugas que, certamente, acontecerão. A gente, que vive em Carolina, não aceita esse desrespeito”, desabafou José Antônio, morador há mais de 10 anos em Carolina.

Sobre a situação, o deputado Wellington ponderou alguns pontos, entre eles a importância da participação popular antes que o Executivo aja.

“Nós temos um mandato em que nada que fazemos é por conta própria. Tudo é reflexo de solicitação ou denúncia da própria população. Não entendo a razão de o Executivo evitar tanto a participação popular. As pessoas que vivem em Carolina não estão satisfeitas, de imediato, com tal projeto. Iremos ouvi-las, dar oportunidade para as oportunidades competentes se manifestarem e, após isso, encaminharemos um relatório ao Governo para que aprecie e pondere sobre a implantação da Unidade Prisional”, disse Wellington.

A audiência acontecerá no dia 11 de dezembro, no Pavilhão da Paróquia São Pedro de Alcântara e contará com a representatividade da Secretaria de Segurança Pública, OAB, Promotoria, Delegacia local, Prefeitura, Câmara de Vereadores, entre outros.

Nenzim Júnior roubava gado do pai e matou para não ser descoberto

A polícia já localizou e prendeu Nenzim Júnior. Ele estava foragido e é o principal suspeito no assassinato do próprio pai, Manoel Mariano, o Nenzim, ex-prefeito de Barra do Corda.

Quando foi ouvido pelos delegados antes de ser preso, Nenzim Júnior contou uma versão esquisita que não convenceu e acabou se complicando, passando de principal testemunha para principal suspeito.

Durante entrevista, o secretário de Segurança Jefferson Portela deixou claro que a versão de Nenzim Júnior não bate com as informações obtidas pela perícia realizada na cena do crime e no corpo da vítima.

De acordo com a perícia, o ex-prefeito  Nenzin foi morto dentro do carro, e não fora, como contou o suspeito. Para a polícia, foi o próprio Júnior quem atirou no pai dentro do carro.

Na cadeia, ele disse que amava o pai. Mas pelo jeito, ele amava mais os gados de Nenzim

Portela disse que “Júnior do Nenzim” estava roubando gado do próprio pai. Teria roubado mais de 500 cabeças de bovinos, e quando viu que o pai estava prestes a descobrir o ilícito, planejou assassiná-lo, com a ajuda de dois vaqueiros.

Um desses vaqueiros, identificado como Luzivan, foi preso ontem. Também está preso um homem identificado como David, que providenciou para apagar os resquícios do homicídio, mandando lavar a picape Ranger de “Júnior do Nenzim”, na qual o ex-prefeito foi morto. Um terceiro vaqueiro, também do grupo de ladrões de gado de “Júnior do Nenzim”, é procurado pela polícia.

Pistolagem! Ex-prefeito de Barra do Corda é assassinado com tiro no pescoço

Blog do Gláucio Ericeira

Prefeito do município de Barra do Corda por três mandatos, Manoel Mariano de Sousa, mais conhecido no meio político como Nenzin, faleceu nesta quarta-feira (06) após ser atingido por um tiro no pescoço desferido por um homem ainda não identificado pela Polícia.

O fato ocorreu no início desta manhã no momento em que o ex-prefeito deslocava-se para sua fazenda, localizada na própria cidade.

Nenzin estava acompanhado por um de seus dos filhos, Júnior do Nenzin (PV), que disputou, ano passado, a eleição para prefeitura de Barra do Corda, tendo ficado em segundo lugar.

A vítima pediu ao filho que parasse o veículo na estrada para que ele pudesse urinar.

No momento em que desceu do carro, o ex-prefeito foi abordado por um homem, que desferiu vários tiros, sendo que um o atingiu no pescoço.

O assassino fugiu em um automóvel conduzido por um comparsa, segundo a Polícia.

Nenzin ainda chegou a ser levado para o Hospital do município de Presidente Dutra.

Porém, não resistiu aos ferimentos.

Pistolagem – O ex-prefeito é pai do deputado estadual Rigo Teles (PV) e do empresário Pedro Teles, cuja prisão foi determinada este mês pelo Tribunal de Justiça do Maranhão – reveja.

Teles, que está foragido, é acusado de ter encomendado a morte do trabalhador rural Miguel Pereira Araújo, o Miguelzinho, que teria invadido terras de sua propriedade em Barra do Corda.

O crime aconteceu no ano de 1997. Pedro Teles foi condenado a 21 anos de prisão, no dia 5 de março de 2013, e recorria em liberdade até o trânsito em julgado da sentença.

A cúpula da Secretaria de Estado da Segurança Pública Polícia, que já deslocou duas equipes de investigadores para contribuir com o trabalho da Delegacia Regional de Barra do Corda, trabalha fortemente com a hipótese de crime de pistolagem.

Controladoria-Geral da União faz varredura na prefeitura de Turiaçu

Blog do Maldine Vieira

A Controladoria-Geral da União (CGU) vem fazendo uma verdadeira varredura na prefeitura municipal de Turiaçu-MA.

De acordo com informações repassadas ao Blog do Maldine Vieira, os auditores estão no município desde o início da semana passada.

O objetivo é apurar diversas irregularidades em setores da saúde, educação e infraestrutura.

Fontes ligado ao blog, afirmam que o prefeito Umbelino Ribeiro (PV) não vem conseguindo sequer dormir com a presença dos auditores na cidade.

Umbelino já teria mandado as empresas que prestam serviço ao município fornecerem, às pressas,  vários insumos de merenda escolar, na tentativa de manobrar as fiscalizações.

Outra grande preocupação do prefeito, é a obra do sistema de abastecimento de água do município, que já somam mais de R$ 16 milhões recebidos do Governo Federal, e até agora pouco menos de 60% foi concluído.

O último repasse inclusive, teria sido através do Ministro de Meio Ambiente, Sarney Filho (PV), no valor de R$ 2 milhões.

Graça Paz deseja sucesso ao prefeito de Dom Pedro, Alexandre Costa

Em pronunciamento feito na sessão desta terça-feira (5), a deputada Graça Paz (PSL) desejou sucesso ao prefeito Alexandre Costa na administração da cidade de Dom Pedro.

Ela acentuou que, finalmente, depois de passado quase um ano, a vontade do povo de Dom Pedro, foi realizada. “Dom Pedro – que nessa última eleição escolheu o Alexandre Costa como representante daquele povo – mas depois de tudo que aconteceu, a Justiça reconheceu que a vontade do povo é soberana. Eu, infelizmente, não pude comparecer à posse, mas estava lá o meu filho, Guilherme Paz, que, além de se representar muito bem como um dos que contribuíram para essa vitória, toda nossa família nos reunimos para que o Alexandre Costa pudesse ser realmente o prefeito, fazendo assim a vontade do povo daquele município”, disse Graça Paz.

Graça Paz destacou também as presenças dos deputados Edilázio Júnior (PV) e Adriano Sarney (PV), além do suplente de senador Edinho Lobão e várias autoridades na posse do prefeito Alexandre Costa.

“Mas eu quero aqui pedir a Deus que o Alexandre Costa possa fazer uma boa administração, possa ter o apoio do Governo Estadual e do Governo Federal. Desejo muito sucesso. A situação do país não é fácil. Mas com a união de todos aqueles que têm a obrigação com o povo do nosso Estado, eu tenho certeza que ele fará um bom mandato”, finalizou Graça Paz.

Roberto Costa agradece secretário Carlos Lula pela manutenção do serviço de hemodiálise em Bacabal

Na sessão desta segunda-feira (5), o deputado Roberto Costa (PMDB) subiu à tribuna da Assembleia para fazer um agradecimento ao secretário de Saúde, Carlos Lula, por ter garantido a manutenção dos serviços de hemodiálise no município de Bacabal.

Costa contou que na semana passada, ele esteve em Bacabal e foi procurado pelo proprietário da Clínica BIORIM, cuja unidade é a responsável pelo serviço de hemodiálise no município e toda região do Médio Mearim.

Durante a conversa, o dono da clínica relatou ao deputado a situação na qual se encontrava a clínica, com repasses atrasados, que tiveram que ser transferidos para o Estado, por conta de inadimplências por parte da gestão municipal anterior. Infelizmente, a burocracia administrativa de todo o processo culminou em um longo período sem repasses efetuados.

PROVIDÊNCIAS

Assim que tomou ciência, Roberto Costa entrou em contato com o secretário Carlos Lula e o colocou a par de toda a situação. O secretário lhe deu a garantia de que tomaria providencias no sentido de dar celeridade a todo o processo e solucionar esse problema grave da região.

Na última semana, o parlamentar foi informado pelo próprio secretário que praticamente todos os pagamentos foram efetuados. Informação esta também confirmada pelo Dr Afonso, um dos sócios da Clínica BIORIM.

A partir de então, o deputado Roberto Costa informou que se excluiu qualquer possibilidade de paralisação nos serviços de hemodiálise em Bacabal. A clínica em questão funciona 24h e atende cerca de 300 pacientes.

“Hoje venho aqui fazer esse agradecimento ao secretário de Saúde, Carlos Lula, primeiro pela importância que ele deu à informação que nós passamos a respeito desses pacientes que precisavam de ajuda e ele não fugiu à sua responsabilidade. Ele deu celeridade e fez o cumprimento dos pagamentos da Clínica Biorim, garantindo a saúde de centenas de bacabalenses”, agradeceu o deputado.

Vox Populi aponta empate técnico e eleição para governo em dois turnos

Do Blog do Gláucio Ericeira

O governador Flávio Dino (PC do B) e a ex-governadora Roseana Sarney (PMDB) estão tecnicamente empatados na disputa pelo comando do Palácio dos Leões.

É o que revela pesquisa do Instituto Vox Populi, contratada pela agência de publicidade Jakarta e, cujo resultado, foi divulgado nesta segunda-feira (04) durante coletiva de imprensa no Hotel Luzeiros, em São Luís.

Foi a primeira vez que um instituto nacional de pesquisa aferiu a preferência do eleitorado maranhense para o pleito de 2018, que caminha para um segundo turno, de acordo com o levantamento.

Também foram analisados os cenários para a eleição de senador, presidente da República e simulações de segundo turno para o governo.

No levantamento estimulado (aquele no qual os nomes dos candidatos são apresentados ao entrevistado), Dino e Roseana aparecem empatados – levando-se em consideração a margem de erro de três pontos percentuais para mais ou para menos.

O comunista pontou com 37% das intenções de voto contra 35% da peemedebista.

O deputado Eduardo Braide (PMN) aparece em terceiro com 7% seguindo por Roberto Rocha (5%); Maura Jorge (3%), Ricardo Murad (2%) e Eliziane Gama (1%). Brancos e nulos somaram 9% e 2% não souberam ou não responderam.

Na pesquisa espontânea (aquela na qual são apresentados ao entrevistado os nomes dos candidatos), Dino aparece com 22% e Roseana com 17%.

Foram entrevistas 1.007 pessoas em 38 municípios maranhenses, no período de 10 a 28 de novembro.

Segundo turno – Em um provável segundo turno, o levantamento simulou o enfrentamento entre Flávio Dino, Roseana Sarney e o senador Roberto Rocha (PSDB).

No primeiro embate entre o governador e a ex-governadora, o comunista venceria a peemedebista por 47% contra 42%.

Na simulação envolvendo Roseana e Rocha, o resultado foi o seguinte: 57% contra 22%.

No confronto entre Dino e o senador, o primeiro vence o segundo por 82% contra 22%.

Rejeição – No quesito rejeição, a ex-governadora aparece em primeiro lugar com 25%, seguida por Flávio Dino (16%); Ricardo Murad (12%); Roberto Rocha (9%); Eduardo Braide (7%); Maura Jorge (2%) e Eliziane Gama (1%). 6% dos entrevistados disseram não rejeitar nenhum dos nomes e 9% afirmou não votar em nenhum deles. 5% dos não responderam.

Projeto prevê fim de eleição em caso de vacância do cargo de presidente da AL

O deputado estadual Roberto Costa (PMDB) apresentou hoje (4) um Projeto de Resolução Legislativa para alterar as regras de substituição de cargos vagos na Mesa Diretora da Assembleia.

Segundo a proposta, em caso de vacância do cargo de presidente, por exemplo, assume definitivamente o vice-presidente, sem necessidade de nova eleição.

Os demais vice-presidente vão “subindo” na estrutura, realizando-se eleição apenas para o último. O mesmo se aplica no caso de vacância de cargos de secretários.

Segundo apurou o Blog do Gilberto Léda, o projeto já conta com 26 assinaturas de apoio e deve caminhar para um consenso. O atual presidente da Casa, Humberto Coutinho (PDT), foi consultado sobre o assunto, e concordou com a medida.

O pedetista entende, assim como os defensores da proposta, que essa é uma forma de pacificar a Assembleia no atual momento, em que ele está enfermo. Assim, evitam-se discussões sobre sucessão enquanto ele ainda se recupera de um câncer.

Reeleição

Também já tramita na casa uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC), de autoria do deputado Fábio Macedo (PDT), prevendo o fim da reeleição para cargos na Mesa Diretora.

Nesse caso, a recondução para os mesmos cargos só estaria vedada na mesma legislatura.

Acusado de ilicitudes, Júnior Lourenço fica cada vez mais distante da Câmara Federal

Blog do Gláucio Ericeira

O ex-prefeito do município de Miranda do Norte, José Lourenço Bonfim Júnior, mais conhecido como Júnior Lourenço, enxerga de forma cristalina o seu sonho de chegar à Câmara Federal, em, 2018, transformar-se em um pesadelo.

Irmão do atual prefeito da cidade, Carlos Eduardo Fonseca Belfort, conhecido como Negão, Lourenço, em menos de uma semana, foi alvo de duas ações civis públicas (reveja Aqui a primeira) movidas pelo Ministério Público Estadual e que o acusam de ilicitudes variadas quando administrou Miranda.

A mais recente, datada do dia 29 do mês passado, refere-se a irregularidades em um processo licitatório para construção de um aeroporto no município.

Também são alvos da ação e da denúncia, além do ex-prefeito, o ex-pregoeiro da Comissão de Licitação, Márcio Silva; o sócio-administrador da construtora P.M. Construções e Serviços LTDA (Ilha Construções), Paulo Ricardo Nogueira Val Quitan, e a própria empresa. Todos tiveram o pedido de bloqueio de bens no valor de R$ 1.003,896,00, mais o pagamento de multa civil, com valores diferenciados.

O Convênio nº 49/2014, firmado entre a Secretaria de Estado das Cidades (Secid) e o município de Miranda do Norte, no valor de R$ 1.005.000,00, previa a construção do aeroporto da cidade. A Secid informou, em janeiro de 2015, que repassou a primeira parcela no valor de R$ 301.500,00, mas a prefeitura não prestou contas.

Ao realizar fiscalização, em março de 2015, o Ministério Público não encontrou nenhum indicativo das obras e o ex-prefeito apresentou cópia não integral da referida licitação. Notificado mais uma vez, Júnior Lourenço não apresentou qualquer resposta.

Diante da situação, a Promotoria de Justiça ajuizou Ação Cautelar de Exibição de Documentos e o acusado apresentou cópia da Concorrência nº 018/14. Os documentos foram analisados pela Assessoria Técnica da Procuradoria Geral de Justiça que identificou uma série de irregularidades — o procedimento não foi autuado nem protocolado na forma da Lei nº 8.666/93; ausência do projeto básico dos serviços da licitação; não há comprovação da existência dos recursos orçamentários; publicidade insuficiente; descumprimento do prazo mínimo para abertura da licitação; e indefinição dos critérios de qualificação técnica.

“A condução do procedimento licitatório revelou o dolo específico de fraudar o sistema e desviar os recursos, causando grave lesão ao patrimônio público municipal”, afirmou a autora da ação, promotora de justiça Flávia Valéria Nava Silva.

O MPMA pediu a condenação dos envolvidos por improbidade administrativa com suspensão dos direitos políticos por oito anos; proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, pelo prazo de cinco anos e pagamento de multa civil no valor de R$ 555.000,00 (José Lourenço Bomfim Júnior, mais perda do cargo que estiver exercendo quando for condenado); R$ 130.000,00 (Márcio Silva); multa civil no valor recebido irregularmente como pagamento do contrato realizado com o Município (P.M. Construções e Serviços LTDA).

Na Denúncia na esfera penal Júnior Lourenço, Márcio Silva e Paulo Ricardo Nogueira Val Quitan respondem pelo crime previsto no artigo 90 da lei 8.666/93 (“Frustrar ou fraudar, mediante ajuste, combinação ou qualquer outro expediente, o caráter competitivo do procedimento licitatório, com o intuito de obter, para si ou para outrem, vantagem decorrente da adjudicação do objeto da licitação”), cuja pena prevista é de detenção de dois a quatro anos mais multa.