Chico Carvalho tenta dar golpe judicial para virar presidente da Câmara

Blog do Marrapá

O desembargador Jamil Gedeon indeferiu a Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADIN) requerida pelo presidente estadual do PSL, vereador Chico Carvalho, no que se refere ao processo de reeleição para os cargos da mesa diretora da Câmara Municipal de São Luís.

Chico Carvalho pretendia subtrair da lei orgânica do município dois artigos, aprovados em 2012 e desde então em vigor, que acabaram com o processo de reeleição dentro de uma mesma legislatura.

No despacho, o desembargador deixa claro que o presidente do PSL tentou criar uma situação de urgência artificial e casuística tendo em vista, a proximidade com o processo eleitoral interno da Câmara Municipal e a aplicação dos termos, em outras ocasiões, desde 2012.

Não satisfeito com a negação da ADIN, Chico Carvalho entrou com uma liminar no TJ-MA que caiu nas mãos do desembargador José Jorge. O vereador estava com a certeza que a liminar seria aceita, pois, o sobrinho de José Jorge será candidato a deputado estadual pelo PSL de Chico Carvalho.

Só que as esperanças se esvaíram. José Jorge se declarou impedido, justamente por entender que teria envolvimentos pessoais no caso. O plano de Chico Carvalho era constranger o desembargador para que ele aceitasse a liminar.

Na decisão, Jamil Gedeon também determina que a eleição tem que acontecer até o final do mês de abril. Nos bastidores, já temos a informação que o atual presidente da Câmara, Astro de Ogum (PR), está apalavrado com Osmar Filho (PDT) e vai apoiar sua candidatura à presidência da Casa.

Chico Carvalho tentou emprenhar Astro pelos ouvidos dizendo que conseguiria a liminar, assim possibilitando, a reeleição do atual presidente. Só engodo, a real intenção de Chico é ser candidato a presidente da Câmara.

Parece que o plano não vai dar certo. Astro não foi ludibriado e a liminar de Chico Carvalho vai para as cucuias.

Um comentário sobre “Chico Carvalho tenta dar golpe judicial para virar presidente da Câmara

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.