A JANELA FECHOU E ROSEANA CONTINUOU NO MDB DO SEU PATRONO MICHEL TEMER

Blog  do Jorge Vieira

O ex-senador José Sarney até que tentou encontrar uma legenda de peso para abrigar sua filha e pré-candidata ao Governo do Maranhão Roseana Sarney, para livrá-la da incomoda companhia do presidente Michel Temer, o político mais rejeitado hoje do país, mas a janela que permitiu a troca de partido para quem vai disputar as eleições de outubro próximo encerou no final da sexta-feira (6)  e a ex-governadora continua filiada ao MDB, sigla que renasceu com a extinção do PMDB.

Sarney tentou colocar Roseana no DEM achando que ainda tinha prestígio junto as lideranças nacionais da legenda, mas esqueceu que seus antigos aliados, tipo Agripino Maia, já não possuem mais poder de mando, foram substituídos por uma nova geração de políticos, tais como ACM Neto, Rodrigo Maia, entre outros, que preferiram manter o partido longe do velho oligarca, que durante cinquenta anos reinou absoluto no Maranhão, e deixá-lo com o deputado federal Juscelino Filho.

Sem partido forte sequer para coligar (o PSDB tem como candidato Roberto Rocha), a rejeição elevadíssima do presidente, cujo índice de aprovação, segundo a última pesquisas IBOPE, encontra-se na casa dos 5%, associado aos mais 40% de rejeição de Roseana, pode ser considerado fatal nas pretensões da família oligarca voltar ao comando do Estado.

Roseana, por uma questão de pilantragem eleitoral, queria mostra para a população certa distância do partido que abriga ministros acusados de corrupção na Lava Jato e encontra-se no olho do furacão de uma investigação policial que alcança suas principais lideranças, entre as quais Temer, mas não terá como se desvencilhar, até porque seu pai é o principal conselheiro dele e vem pressionando para que recursos do Governo Federal sejam despejados na campanha da filha.

Além de legenda sob suspeita, Roseana terá ainda em seu palanque um dos ícones da Lava Jato, o senador Edison Lobão, ex-ministro das Minas e Energia, acusado por vários delatores de ser beneficiário do esquema de corrupção que sangrou a Petrobras e a Eletrobras e até de ter desviado dinheiro do próprio MDB. Lobão será mais uma carga de corrupção no palanque da rainha do precatório.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.