Zé Vieira e seus advogados tentam fazer o TJ-MA de circo e seus desembargadores de palhaços

A defesa do prefeito afastado de Bacabal, Zé Vieira, não sabe mais o que fazer para retornar seu cliente ao cargo. Com os recursos legais praticamente esgotados,  os advogados resolveram brincar com a cara da Justiça e do desembargador Antonio Bayma Araújo.

Para tentar reverter o caso, a defesa entrou com uma ação absurda -pasmem os senhores- desistindo da ação de reclamação que eles mesmo deram entrada.

Com a estrategia deslavada ao pedir a desistência da ação de reclamação, a defesa debocha da Justiça e quer que o desembargador Bayma Araújo revogue sua própria decisão, que afastou Zé Vieira do cargo.

Antes da decisão de Bayma, a defesa do ficha suja, entrou com uma avalanche de ações para derrubar a decisão do desembargador José de Ribamar Castro. Antes disso, a ação pedindo o retorno de Zé Vieira havia caído nas mãos da desembargadora Nelma Sarney, assim que souberam pediram para que o caso fosse para o des. Castro.

Quando a decisão de Castro foi pelo afastamento, derrubando uma liminar absurda de Cleonice Freire que anulou uma decisão do STJ com transitado em julgado, a defesa entrou com outra ação alegando que Nelma Sarney que teria a competência para julgar e não Castro. O caso voltou pra Nelma que numa canetada manteve  assim decisão de Cleonice Freire.

Depois disso, o caso foi parar nas mãos do decano Bayma Araújo que voltou a afastar Zé Vieira. Agora  desesperados, a defesa do prefeito quer a desistência da ação anulando com isso a decisão do próprio Bayma.

Ou seja,  Zé Vieira e seus advogados, tentam com essas ações transformar o Tribunal de Justiça num circo e seus desembargadores num bando de palhaços.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *