Sem conseguir se viabilizar, prefeito do PC do B força a barra e ataca Flávio Dino

Blog do Gláucio Ericeira

O médico e prefeito do município de Santa Rita, Hilton Gonçalo (PC do B), resolveu atacar o seu companheiro de partido, o governador Flávio Dino, como forma de justificar a sua falta de prestígio eleitoral para figurar dentro do grupo governista como pré-candidato ao Senado.

Em entrevista a Revista Maranhão Hoje, Gonçalo se disse decepcionado com o comunista e disparou sua metralhadora giratória afirmando que Dino e seus auxiliares esqueceram Santa Rita e o seu povo, não executando convênios com a prefeitura que beneficiem a cidade.

Na verdade, a “zanga” do prefeito do PC do B tem uma única razão de ser: desde o ano passado, Hilton Gonçalo anuncia uma pré-candidatura à Câmara Alta.

Deixou vazar na imprensa que já havia recebido inúmeros convites para mudar de partido e, desta forma, consolidar o projeto.

Ocorre que os tais convites nunca se concretizaram e o gestor continua isolado dentro do nino comunista.

Hilton Gonçalo tentou vender ao governador a imagem de uma grande liderança política devido ao fator de gerir uma prefeitura nanica e ter parentes em outras duas do mesmo porte– a mulher, Fernanda Gonçalo, governa Bacabeira; e a irmã, Iriane Gonçalo, Pastos Bons.

A jogada não colou, principalmente em função da péssima gestão que o trio vem executando nos seus respectivos municípios.

Ainda durante a entrevista, o prefeito ameaçou deixar do PC do B e romper politicamente com Flávio Dino.

Como não poderia ser diferente, “revelou” que tem sido constantemente procurado por adversários de Dino, mas que ainda não definiu o seu futuro.

É claro que Hilton Gonçalo tem o direito legítimo de tentar disputar o Senado ou até mesmo o governo do Maranhão.

Mas terá que tentar fazê-lo por outro grupo.

Afinal, Dino e os seus aliados nunca engoliram e muito menos acreditaram na imagem do médico como grande liderança do Maranhão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *