Nelma Sarney e José Joaquim na briga pela presidência do TJ/MA

Blog do Gláucio Ericeira

O Tribunal de Justiça do Maranhão elegerá, nesta quarta-feira (04), sua nova Mesa Diretora para o biênio 2018/19.

Estão em jogo os cargos de presidente, vice-presidente e corregedor. No entanto, a disputa pelo primeiro ganhou, nos últimos meses, contornos políticos que antecedem a disputa eleitoral do ano que vem.

De um lado está a desembargadora Nelma Sarney, a mais antiga entre os seus pares e que, pela tradição do TJ, seria a sucessora natural do presidente/desembargador Cleones Cunha.

Do outro aparece o desembargador José Joaquim Figueireido dos Anjos, o segundo mais antigo na linha sucessória.

Nelma e Joaquim protagonizam um embate que, na imprensa, ganhou status de confronto entre os representantes do grupo Sarney e do conglomerado político liderado pelo governador Flávio Dino (PC do B).

A desembargadora vem sendo alvo de críticas ferrenhas e de matérias negativas produzidas por veículos atrelados ao comunista.

José Joaquim, por sua vez, é apontado por veículos de comunicação do campo oposicionista como o candidato de Flávio Dino à presidência. E estes veículos também não poupam críticas ao desembargador.

Nos dois casos, o objetivo é claro: denegrir a imagem de ambos, nem que para isso seja necessário explorar temas relacionados as suas vidas pessoais.

A eleição para a presidência do Poder Judiciário maranhense acontece ás 9h. Será secreta e somente desembargadores têm direito a voto.

É precipitado apontar qual dos dois postulantes vencerá a disputa. Porém, uma coisa é certa: o eleito será classificado como o candidato de um determinado grupo que saiu-se vencedor.

Vice e corregedor – Diferentemente do cargo de presidente, a eleição para a vice-presidência e corregedoria deverá ocorrer de forma mais tranquila e sem disputa.

A desembargadora Maria das Graças de Castro Duarte Mendes aparece como favorita para ser eleita de forma consensual para o primeiro cargo. Assim como o desembargador Marcelo Carvalho Silva é o favorito para ser alçado ao posto de corregedor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *