Interceptação telefônica da PF revela mensalão na Câmara de Paço do Lumiar

Blog do Neto Ferreira

Um dos grampos telefônicos feitos pela Polícia Federal meses antes do dia da Operação Allien – que executou 20 mandatos de Busca e Apreensão e 10 Mandados de prisão – e conseguido com exclusividade pela equipe do Blog do Neto Ferreira, mostra a prefeita cassada de Paço do Lumiar, Bia Venâncio (PSD), o vereador Thiago Aroso, o presidente da Câmara Alderico e o lobista Luis Carlos Teixeira Freitas, tratando sobre o “mensalinho” que era repassado aos vereadores mensalmente.

Na primeira escuta telefônica realizada pela Polícia Federal com autorização da Justiça, Thiago Aroso diz que o diálogo com os vereadores foi tranquilo, e explica a Bia sobre um pedido de ajuda imediato.

“Se a senhora for a candidata tá entendendo, qual seria essas condições, então, assim a conversa foi boa e tal, aí só pediram uma ajuda agora, tá entendendo, de imediato e tal, eu vou ter que viabilizar né isso daí”, diz Thiago.

Na segunda parte do dialogo interceptado pela PF, que trata diretamente sobre o “mensalinho dos vereadores”, Thiago se preocupa com o acordo e teme rompimento dos parlamentares após ajudá-los. Em resposta, Bia Venâncio diz “exatamente, é preferível pagar pra cada um, quando precisar, do que ficar mandando todo mês pra eles”.

Em outra conversa também obtida pelo blog, Aroso diz ter ligado a Fred Campos (irmão de Alderico Campos), conversado sobre o acordo que tem e da explicação sobre o atraso no pagamento que é efetuado.

De acordo com o diálogo, Bia pede a Thiago que seja pago após o presidente da Câmara, Alderico Campos, colocar na pauta o projeto que seria voltado à educação do município.

No dia seguinte, Bia liga e pergunta se teve sessão, em seguida Thiago diz: teve, ele não colocou o projeto em pauta. Furiosa com Alderico, Bia manda vetar o pagamento. “Então não paga”.

Após a crise entre o Executivo Municipal e o legislativo, Alderico Campos liga para o lobista Luis Carlos Teixeira Freitas.

Alderico – ei Luis?.

Luis – calma, tem serenidade cara, é.

Alderico – ei Luis, deixa eu te falar uma coisa, tu não tá entendendo.

Luis – se tu puxar prun lado e ele puxar pro outro, não da certo, vocês não podem.

Alderico – ei Luis eu não estou puxando pra lado nenhum Luis, pelo amor que tenho a Deus, eu não tou puxando pra lado nenhum, a única coisa que;

Luis- e por que tu não botou em votação, tu tinha que ter demonstrado boa vontade e colocar o projeto em votação, dizer que “ta aqui”.

Alderico – boa vontade foi, ei Luis deixa eu te explicar uma ta escutanto?

Luis – tou, tou sim.

Alderico – ele tem um compromisso com todos os vereadores inclusive comigo.

Luis – eu sei

Alderico – com todos ele honrou, ele honrou ontem á noite, ele chamou todo mundo, Tá aqui, Tá aqui, Tá aqui, Tá aqui, comigo eu perguntei como é que ia ser, ele depois eu vou ver.

1 thought on “Interceptação telefônica da PF revela mensalão na Câmara de Paço do Lumiar

  1. Tem tanta gente faminta, morrendo em hospitais em situação precaríssima, estudando em escolas que constituem um verdadeiro centro de marginalidade, e Vossas Excelências ai, surrupiando escancaradamente o dinheiro do povo.em o mínimo remorso, revelando o que todo mundo ta cansado de saber, uma rede interminável de corruptos. Infelizmente, nao existe perspectiva para isso acabar, bom mesmo é na Finlândia, onde isso daria prisão perpétua. Esse país é um circo mesmo, isso ai vai dar em pizza, e no rodízio.BRAZIL…ZIL..ZIL..ZIL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.